Conheça Nossa Coach

"Catia, quem é você?"
Ou quem sou eu de fato?!



Que tal dar um F5 mental e atualizar-se livrando das ideias vencidas?
Te convido à reflexão

Escolhemos um caminho por desespero e pressão social para manter isso muitas das vezes às pessoas precisam ter a mesma linha de pensamento. Certo? Errado.

Se chegar um tempo e você descobrir que há uma vocação e não havia notado na sua jornada, não tenha medo de investir e se tornar um ótimo profissional. Por ser julgado ou detonado (só Deus sabe as projeções internas daquele que te aponta - tema inclusive que expliquei como funciona para a psicologia).

Exemplo: quando optamos por uma faculdade queremos saber se podemos confiar e se teremos um bom aprendizado. Ok? Ok.
Ninguém entra na sala num curso de Direito e pergunta para o professor:" você é juiz? Você advoga?". Simplesmente queremos que ele tenha estudado para ensinar futuros advogados ou futuros juízes.
Ou procurar um especialista em câncer e querer saber se ele teve câncer para tratar o doente. Claro que não!!!! Queremos saber se do resultado do trabalho deles de fato ajudaram os outros .

Se você tem uma vocação invista nisso, se especialize nisso e todos que vierem te procurar aprenderão a crescer junto com o bom profissional que você será/é

Eu, por exemplo, comecei no mundo dos concursos e desde sempre adorava ajudar o povo no meu blog , era uma das poucas que dava dicas já que na época nem insta existia, não tínhamos quase nada gratuito . Uma luta.
Conforme fui crescendo como estudante , achei que somente tendo boa vontade e aptidão à psicologia , seriam suficientes. Ajudei tanto que cheguei num ponto que até entrevista dei para jornais e tv sobre a minha trajetória e pobreza em geral além do déficit de atenção . Quando comecei a ser aprovada nos meus concursos não sentia aquela felicidade de ser servidora. Escondia o desejo de voltar a ser psicóloga, a cuidar das pessoas. Principalmente após vencer a depressão. Foi então que surgiu o termo Coach, antes disso tinha ajudado algumas pessoas a serem aprovadas e três aprovações minhas. Estava feliz ? Não.
Resolvi conhecer melhor sobre o que era Coach ( reforço que coach e não mentoria como fazem por aí). Tinha um dinheirinho guardado e fui me profissionalizar nas melhores escolas da área. Sentia algum arrependimento? Pior que não. Estava cega de paixão pela área e percebia o quanto muitos precisavam ter especialista de verdade indicando caminhos mentais mais apropriados aos estudos.
Fiz curso comportamental
Terapia holística
Master coach
Pnl
Neurociência
Psicanalista
E até hoje vivo me aprofundando mais e mais não apenas para ajudar na aprovação de concurseiros, Oab, adolescentes e agora tb Enem. Prezo pela individualidade e minha pegada é fortalecer inteligência emocional acima de tudo além de ajudar no crescimento estratégico. Ou seja, a pessoa sabe o que deve fazer e não faz. E é aí que entro em cena .

Óbvio que não sou "midiatica ", pois tenho que por limite na quantidade dos meus coachees por ser eu mesma que acompanho , o trabalho é desgastante e muito árduo, contudo, eu amo o que faço. Levando em consideração a impossibilidade de agradar a todos, ainda mais quando lidamos com estudantes extremamente cansados e estressados.
Hoje acumulo um número considerável de aprovados e cada ano que passa quero crescer ainda mais no ramo que escolhi para ser meu. Não em números, e sim qualidade. Ajudei a formar muitos coachs também fico feliz de ver a minha linha de trabalho sendo levada a frente....inclusive alguns conhecidos por aí ( eles sabem ) e fico feliz .
Quando paro para olhar o número de pessoas que ajudei a melhorar a qualidade de vida ou na aprovação eu durmo sorrindo. Choro junto ...meu peito explode de tanta alegria. E olha que nem tenho como atender uma demanda grande.

De quebra ajudo até a entender como funciona o organismo com determinados alimentos . Confirme o desabafo de cada um individualmente no Whatsapp. Pensa no trampo, mas amo.

E estabilidade ?
Amados , passei dessa fase , desses medos, liberte minha mente e isso realmente não soma nos meus passos. Invisto no futuro (na minha velhice). 🤗
Compreendo o tempo de cada um
Sonho é sonho

Seja firme nas suas escolhas
Se tem paixão, não desista e não tenha medo do julgamento dos outros
Todos estamos debaixo de julgamentos, ninguém fugirá disso, fato

Em resumo o que quero dizer é que escolha lutar por aquilo que ama. Nessa jornada árdua você irá se descobrindo cada vez mais e está tudo bem, lute e cresça naquilo que te fizer feliz.
Combinado?

Por estabilidade
Por faculdade boa
Ser advogado
Ou
Concursado
Ou se tornar numa faculdade muito boa
Ou virar chef renomado
Seja o que for

Não tema
Não julgue
Não ligue para quem te julgar

Só siga seu coração e pague o preço
Faça valer a pena

Deu f5?
Abraço forte de ursa



----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


CATIA PIPOCA



O Integral Coaching foi fundado por Catia Cilene (Catia Pipoca), que  é formada em psicologia, teologia, é especialista comportamental em métodos aplicados através de PNL e neurociência, tendo sido certificada pela Sociedade Latino Brasileira de Coaching – SLAC- como Master Coach. Aprovada nos TRTs 8, 5 e 15, possui vasta experiência em concursos públicos, podendo, então, lhe auxiliar a conquistar sua aprovação. Trabalhou com mais de 10 mil concurseiros, e, dentre esses, acompanhou um número alto de aprovados.

  

Cátia Pipoca: uma carreira de superação

Data: 11/12/2014

Cátia Pipoca
Cátia Cilene Vieira, mais conhecida como Cátia Pipoca, é referência quando o assunto é concurso público. Sua força e vontade de se desenvolver são algumas das características marcantes dessa vencedora. O GN Concursos fez uma entrevista com a nossa colunista para conhecer melhor a história que a levou ao sucesso. Confira!

GN Concursos – Quando começou a prestar concursos?
Cátia Pipoca – Estava muito doente quando cheguei em São Paulo e não tinha uma boa expectativa de vida (segundo os médicos). Era uma depressão profunda, que no fim me fez mergulhar no mundo virtual – já que não saia de casa para nada -, e comecei a buscar um sonho. Foi então, que por curiosidade, conheci o mundo dos concursos e criei um Blog onde desabafava os meus anseios, medos e dores.
GN – Quais eram seus objetivos prestando concursos?
CP – Desde 2009, coloquei na minha mente e no meu coração que passaria em um concurso do TRT. Acreditava que se tivesse uma meta, fortaleceria meu organismo e fé para não desistir da vida. E no fim deu certo!
GN – O que você faz atualmente? Está feliz ou pretende mudar algo?
CP – De 2013 para cá muita coisa já mudou na minha vida. Hoje posso respirar um pouco mais, investir na minha carreira, pois parei um tempo de estudar (aguardo a nomeação) e fui cuidar mais de mim. Decidi praticar atividades físicas e cuidar da minha coluna. Hoje, tenho diversas páginas nas redes sociais e um perfil com mais de 8 mil concurseiros que acompanham as minhas dicas. Em 2014, comecei a investir mais no youtube onde coloco vídeos com diversas dicas. Fiz também cursos para dar coaching. E é esse trabalho que tem me dado retorno atualmente.
GN – Tem algum hobbie?
CP – Sou viciada em filmes, maquiagem e tudo que se refere ao mundo dos concursos, principalmente, livros.
GN – Qual dica você daria para os concurseiros de plantão nesse momento do ano em que as festas estão chegando?
CP – Guerreiros, para passar em um concursos público bom não basta querer, tem que desejar do fundo da alma, porque as abdicações e sacrifícios são imensos. Parece fácil, mas não é. Terá dias que irá chorar e sentir uma solidão imensurável, mas se a fé for maior que todo obstáculo e tiver um bom plano estratégico e muita força de vontade será suficiente para focar e obter sucesso.
Com a iminência das comemorações de final de ano fica quase insuportável manter a concentração nos estudos, aperte os cintos até os primeiros 20 dias de dezembro. Na última semana poderá se dar ao luxo de dar uma reduzida. Pare no natal e no ano novo para curtir a família. É preciso ter senso e equilíbrio também para evitar a fadiga e consequentemente a depressão.



Leia Mais: http://www.novaconcursos.com.br/portal/noticias/historias-de-sucesso/catia-pipoca-uma-carreira-de-superacao/#ixzz3i3SGCvXL


Nenhum comentário: