Algumas palavras de motivação

Boa tarde!

Algumas palavras de motivação

"Ontem recebi a ligação de um amigo que não via há tempos. Daí foi aquele costumeiro "Como você tá? Como vão as coisas?" pra lá e pra cá. De cara o rapaz ficou surpreso de que me tornei servidor público, algo que deixou claro com a pérola "Então dá mesmo para passar. e ser contratado (sic). Pensava que fosse lenda" e lá pelas tantas desabafou que "Depois que fui promovido a gerente não tenho tempo de tossir. Chego na empresa às 9:00 e só saiu quando o chefe quer sair, o que nunca é antes das 21:00. Acho até que isso já começou a afetar meu casamento".

Realmente a iniciativa privada vem exigindo cada vez mais dos seus empregados. A exigência é em excesso com a remuneração não lá tão boa, mas é brutal quando a remuneração é atraente. Costumo dizer que todo gerente, superintendente, direto, vice-presidente e presidente de empresa é vampiro, visto como gostam de trabalhar a noite. O pior é que trabalham até tarde e obrigam muitos empregados a também trabalharem até tarde. Nessa como fica o descanso, a família, o convívio com os amigos?

Tenho amigos que estão muito bem empregados na iniciativa privada, ganhando muito bem ... e que não têm nem tempo de gastar o bom salário que recebem. Um deles comprou um Ford Fusion completaço em janeiro e o carro ainda não chegou nos mil quilômetros rodados e muito menos viu asfalto de estrada por conta da falta de tempo do seu dono de usá-lo.

Esse foi um dos motivo que me levaram a optar pela carreira pública, a necessidade de não ter de me submeter a essa pressão de "se quer continuar trabalhando, trabalhe até a hora que eu quiser que você trabalhe" da iniciativa privada.

Servidores públicos ganham razoavelmente bem, trabalham bastante (é mito que no serviço público não há serviço para ser feito) e, principalmente, têm tempo para descansar, dedicar a família e projetos pessoais, viajar e por aí vai. Somente isso já valeria o esforço de estudar incansavelmente por alguns anos. Mas tem aquelas outras tantas vantagens tão conhecidas dos concurseiros que são um pouco mais de um plus, uma cerejona na cobertura de bolo tão apetitoso.

Quando estamos estudando e ainda não passamos, não raro nos desesperamos, três vezes por semana desanimamos, pelo menos duas vezes por mês pensamos em desistir, todos os dias nos perguntamos assim que acordamos, "Porque mesmo estou me sacrificando tanto?". Nessas ocasiões pense que quando você passar e for empossado, poderá ter uma vida muito menos estressante que se permanecesse na iniciativa privada, que terá muito mais de um ingrediente preciosíssimo, tempo livre para fazer o que você quiser.'

RESUMO DA ÓPERA - Estudar para concursos públicos exige que a pessoal se motive continuamente a fim de fazer os sacrifícios que são exigidos. Nada melhor para se motivar que pensar nos prêmios que você ganhará ao vencer essa guerra.

Fonte: Charles Dias - Blog do Concurseiro Solitário

Beijos, Luciene Lima.

Nenhum comentário: