Da série DESABAFOS DE UMA CONCURSEIRA

Só estou sendo franco com você. Só estou lhe mostrando a verdade. Estou tentando mostrar a realidade. E mais um monte de frases de efeito dessas.
Mas, afinal,
Verdade de quem? Realidade de quem? Quem pode se auto denominar como sendo o único dono da verdade em cerca de 9 bilhões de seres humanos?
Quem de nós pode prever o futuro com extrema precisão?
A moça do tempo erra
Os cientistas erram
Os astrônomos erram.
Falhamos.
Por mais que achamos que sabemos de tudo na vida, que já passamos por tudo, somo como meros ciscos nesse grande Universo. Não sabemos nada. Somos mesmo inocentes.
Então, quem somos nós para querer vetar os sonhos dos outros? As pessoas podem ter a garra que falta em nós. Podem ir mais além. Podem tentar um pouco mais. Insistir um pouco mais. Elas podem ter uma voz interna gritando “eu vou conseguir” e seguir essa voz. Elas podem ter muito a nos ensinar.
O que às vezes incomoda é ver como alguém pode ser tão teimoso. Cair, chorar, enxugar as lágrimas e levantar, com mais garra e mais estratégia . E às vezes demorar menos de 24 horas para concluir esse processo. É mesmo estranho.
Isso parece silenciar algo em nós. Algo que não concluímos. Algo inacabado. Isso dói. E muitos não sabem lidar com essa dor.
Então, só há dois caminhos. O primeiro é ignorar todas as formas de sucesso que esse teimoso inveterado conquistou. A quase classificação. A classificação mesmo de longe e todas as formas de quase lá. Ignorar que faltou pouco. E que esse pouco é só mais um degrau a subir. E então: vamos trazer esse “otário” à realidade, pois nunca vai conseguir mesmo, afinal, para quê tanta insistência, se o seu destino é sofrer mesmo.
O segundo, e o mais sábio é aprender com esse teimoso. Enquanto muitos desistem, e tentam vencer na vida das formas mais sórdidas, por puro medo, insegurança, falta de fé na própria capacidade...o teimoso continua firme, tentando, caindo, se levantando, tentando. Oras, quer mais fé em Deus e no próprio taco do que isso? Quer mais prova de integridade do que essa?
Tentar vencer honestamente – admita – é para poucos. Muitos desistem em menos da metade do caminho. O mundo de hoje é meio sujo, amoral, e as pessoas dão valor excessivo ao dinheiro, como se nada mais importasse.
Então, meu amigo, minha amiga: Se você tem ao seu lado alguém que tenta vencer por seus próprios méritos, estudando, caindo, levantando...enfim, um CONCURSEIRO, não reclame, agradeça a Deus. Você tem um guerreiro ou guerreira tentando vencer na vida. E sabe que a caminhada não é fácil.
Sabe, nada é fácil na rotina de um concurseiro. Para começar, todo mundo acha que a pessoa estuda para “se encostar”, que servidor é “marajá”, que na verdade isso é pura desculpa para não trabalhar. (não adianta falar que a pessoa trabalha e estuda, o julgamento é o mesmo).  Então, seja gentil, e não mais uma pedra no sapato. Escute, e nem se preocupe em dizer a frase certa: o que um concurseiro mais quer é simplesmente um abraço e um “você vai conseguir” de vez em quando. Acredite, isso basta, por mais clichê que pareça.
Então meu caro, minha cara, seja gentil, seja humano: não destrua os sonhos de ninguém, principalmente se a pessoa está tentando vencer por seus próprios méritos. Na maioria das vezes esse sonho é o único que a pessoa tem. E mais: Você não está no caminho desse concurseiro/concurseira por acaso. Se você cruzou o caminho dessa pessoa, é porque Deus lhe confiou uma missão: de talvez ser o único apoio enquanto o resto do mundo vira as costas.
Faça a sua parte então, e se prepare: a vitória desse guerreiro/guerreira chegará. E você fará parte dessa história.



Lilian Aguiar.

Nenhum comentário: