Corpo são, mente sã.

Olá nobres amigos(as),
Tranquilidade brasileira?

                   Em se tratando de concurseiro(a) acredito que não rs. São tantas matérias a estudar, vídeos aulas a assistir, resumos a produzir, questões a resolver... sem falar no conteúdo que vem se acumulando por causa da procrastinação. Quando o tempo parece escasso o que nós fazemos? eliminamos a atividade física da nossa rotina. Por consequência ficamos mais irritados, ansiosos, depressivos, passos a comer demasiadamente... Se for mulher a tortura é ainda maior em olhar no espelho e ver aquelas gordurinhas do mau, não que homem não dê importância a isso.  

                  Eu sei que se conselho fosse bom não se dava, vendia, mas hoje vou dar um "de gratis". É extremamente importante ter controle emocional e equilíbrio corpo-mente durante a preparação para um concurso, tendo em vista que as mais variadas estratégias e métodos de estudos estão às claras, ou seja, todos têm acesso- o que deixa a disputa ainda mais acirrada. Passar numa concurso hoje em dia "né brinquedo não", exige muito do concurseiro: Renúncias, pouco convívio social, disciplina, foco, e muita força de vontade. 

                   Eliminar por completo a atividade física é contraproducente, tendo em vista que segundos os especialistas "Do ponto de vista bioquímico, o exercício favorece a liberação de endorfina, hormônio que dá a sensação de bem-estar e relaxamento, e de neurotransmissores, como a serotonina e a norepinefrina, antidepressivos naturais." Ainda eles "as atividades físicas que melhor combatem o estresse são as aeróbicas, como corrida, caminhada, natação e ciclismo. "Elas são de caráter contínuo, sem interrupções. Precisamos de ao menos 20 minutos de atividade contínua para desencadear as alterações de bem-estar trazidas pelo esporte", explica Sérgio Gregório da Silva, professor de fisiologia do exercício na Universidade Federal do Paraná".

                  Esse concurseiro que vos escreve tem pouco mais de 2 anos de estrada, 5 concursos e três convocações. Talvez se tivesse atentado para esse ponto antes, teria sido convocado mais rapidamente. Mas como dizem que nunca é tarde para (re)começar, hoje eu não cometo mais esse erro. Então pessoal, vamos levantar a bunda da cadeira e dar o primeiro passo. Afinal, o objetivo é vencer a guerra e não destruir o guerreiro!


                   Um forte abraço e uma semana abençoada de estudos! Que a meta traçada seja totalmente cumprida. 

Até!!! 

Nenhum comentário: