Uma coisa é bem matemática, pessoas felizes vivem sorrindo. E isso não significa dizer que para ser feliz é preciso acordar todos os dias cantarolando por aí, nada disso, gente feliz é leve e mesmo nos dias ruins e no silêncio sabem se conter para não magoar os outros à toa. Seguem com o coração em paz, trabalham arduamente, semeiam crendo na boa colheita, não vivem de mau humor. Sabem guardar um bom segredo. São ótimos conselheiros. Pessoas felizes também choram - tristes ou alegres - entendem os temporais e as bonanças. Quando temos amigos assim nem precisamos dizer, a gente sabe a leveza que é tê-los do nosso lado. São singulares e possuem brilho próprio. Destacam-se em qualquer canto que vão. Sim, eles também erram, mas sabem pedir perdão, sabem retroceder quando preciso.
Então quando vejo alguém dizendo; sou feliz. Simplesmente observo, porque a felicidade reflete no cotidiano de quem de fato é.
Possuo amigos felizes, mas acho que no fundo estão disfarçados de gente, porque na minha opinião eles são anjos.

Nenhum comentário: