Dor, esperança e superação

Dor, esperança e superação
 


Naquele momento a dor era intensa a tal ponto que ela achou que fosse somente o ódio que dali em diante a consumiria dando lugar ao rancor e a mágoa. Tantos sacrifícios. Pra quê? O estomâgo tomado pelo enjôo e u...m gelo emocional absurdo. Perdida. Confusa. Revoltada!!
Fizera a coisa certa quando virou as costas e partiu em silêncio? Pelo menos pensava ter feito. Procurou diversas justificativas, os "poréns", os "talvez" que consomem. Acontece que aquilo era a vida real, e nenhuma decisão era inteiramente clara. Não é como virar o avesso do lado certo e conseguir a felicidade para sempre. Na prática a vida real e bem mais durona, muitas vezes é quase impossível dizer qual a decisão que se deve tomar, ou o que dizer, ou o que fazer diante de situações tão dolorosas. O que se ganha e o que se perde possuem a mesma medida.

De tudo a única certeza. Ia superar e dar a volta por cima. O caminho era o certo. Mais dia menos dia, ela sabia que chegaria no topo daquela montanha.
Então, pegou um caderno e escreveu em letras garrafais aos amigos que a aguardavam ansiosos: "Ei, estou chegando".

Havia perdido quase tudo, mas não permitiu que lhe roubassem a esperança.
Ver mais

Nenhum comentário: