Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Por Catia: Desabafos e afins



Bom dia, Guerreiros.

Como muitos sabem, dia 01/01/2012, quando a Dona Linda faleceu em meus braços, estava no meu limite, dormindo em Hospitais, dando banho nela, cuidando de outros enfermos, 2011 foi um ano terrível, o qual quero apagar da minha memória, a não ser pelo crescimento que tive em acompanhar a luta de todos aqueles enfermos, a esperança e a Fé, era inspiradora!

E na virada do ano, o desfecho foi o fim de todo aquele sofrimento, tanto pra mim quanto para ela, que descansou nos braços do Criador. Hoje, depois de alguns meses entendo que a dor intensa e revolta que senti naquele instante me fez crescer, lavou minha alma. É como se tivesse jogado pra fora um ou outro defeito que me estagnava, claro, morreremos tendo ainda muitos, somos humanos. Aprendi muito....evolui uma boa porção.

De repente me vi mais disciplinada, mas para isso tive que mudar radicalmente a minha rotina.
Muitas coisas nos dispersam. O tempo passa rápido demais, e quando menos esperamos, já foi. E vamos postergando para mais tarde o que é de fato relevante e concreto para que se alcancem objetivos.

Acostumei, desse modo, a viver na Biblioteca e meus Cursos. Sinceramente, creio que fiquei mais lá, moradia transitória (risos), chego cedinho, espero abrir, e lá vou eu e meu mochilão lotado de Livros. Passo o dia todo. É delicioso, acostumei, e as pessoas que trabalham ou frequentam, acostumaram com a minha presença também. Um vínculo interessante que nos faz sentir em casa, é agradável a sensação. E vira hábito. Segunda à sábado. Não foi fácil adaptar essa nova rotina . Ia me arrastando no começo. Hoje, praticamente moro por lá, e organizo os horários dos meus Cursos que são próximos, deixo uma boa parte do meu material guardando a minha mesa de estudos, é tranquilo, cansativo sim, mas vale a pena.

Creio que deu pra enxergar alguns erros.
Apesar de concluir ser essa a rotina mais apropriada para mim que sofro de TDAH.

Muito material de estudos, dá a sensação de estar carregando uma Cruz muito maior que a necessária. Ponto negativo que pude notar.

Após o a prova do TRE-SP, fiz uma boa limpeza nos meus materiais. Não vi apenas os aspectos negativos, óbvio, percebi algumas técnicas que criei de memorização, e que deram certo ( não esqueçam que sempre falo que cada um aplica na própria rotina suas técnica, não tem bula, nem manual para isso). Pena que não tive tempo de aplicar em todas as matérias, notei isso no último mês, nosso cérebro é complexo, o meu um labirinto. (risos)
Administrativo que era o meu fraco, superei, e achei tranquilo na prova.
Tive dificuldade em Constitucional, matéria que gosto bastante. Engraçado né? Enfim, essa é que é a verdade. Não escrevo pra dizer que sou a BAM BAM, o que ás claras sabem que não, sou sem enfeites. Escrevo pra relatar de fato a nossa rotina, lutas e dificuldades.

Segunda-feira que passou, retomei a velha rotina na Biblioteca pra dar tempo de aplicar o que concluí ser a chave para uma memorização mais longa.


Não sei o que Deus planeja na minha Vida tampouco o tempo dele. Minha esperança e Fé diz que terei meus sonhos realizados. E que talvez todas essas lutas sejam como lições a tantos que, por comodismo, buscam outros culpados, e sabemos que são nossas escolhas e nosso suor, mérito próprio, que nos trarão essas realizações. Ainda que fatores externos possam nos estagnar. Não importa o tamanho do fardo, devagar vamos seguindo sem parar!


Enquanto alguns perdem tempo julgando outros, nós vamos nos alimentando, de maneira humilde e franca, das boas energias que nos rodeiam.


Tenham um ótimo domingo.

Abração de Ursa.

Nenhum comentário: