CUIDAR DA PARTE EMOCIONAL

FALTA DE PREPARO EMOCIONAL- na fase de estudo provoca dificuldade de estudar, preguiça, indisciplina, falta de concentração, insegurança, medo de não conseguir, ansiedade e vontade de desistir entre outros. E na prova traz o nervosismo, que provoca erros de interpretação de questões, erros na leitura dos enunciados das questões por ansiedade e pressa, o medo e o estresse excessivo comprometem o rendimento intelectual do candidato pois dificultam a memória e provocam a exaustão do meio da prova para o final.
Já tendo preparo emocional tanto na hora da prova, como no período de preparação e estudo, o candidato torna-se mais motivado, seguro e focado em seus objetivos. Passa a ter equilíbrio, calma e centramento que facilita memorização, o aprendizado e o entendimento. Traz o controle do nervosismo, da ansiedade, e da insegurança evitando os famosos “brancos” na hora das provas. Auxilia a estar preparado para fazer provas longas sem prejudicar seu raciocínio e sua memória. Aumenta capacidade de lidar com pressões, vivendo mais a sensação de ‘Bem-estar’ e autoconfiança no preparo para o concurso e no seu convívio geral.
"O maior inimigo do bom candidato, não é o outro e nem a matéria.
É seu emocional despreparado e inseguro






http://www.facebook.com/pages/Alexxandre-Maia/172866926137484

Um comentário:

Antonio disse...

É verdade!! Vamos em frente!!

Abraços Pipoca