Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Você está passando por uma crise e não consegue estudar?

Você está passando por uma crise e não consegue estudar? Acredite, isso é normal! Todo concurseiro passa por isso. Na véspera da prova, namoros acabam, carros capotam, parentes adoecem... O que fazer, então, quando isso acontece conosco?

A primeira atitude é não entrar em desespero. Pensar que aquele problema está atrapalhando seus estudos não fará com que ele passe mais depressa! Pelo contrário: tudo fica mais difícil quando não conseguimos pensar claramente. Mantenha a calma. Lembre-se de que todo problema – por pior que seja – tem solução.

Passa a ter lugar, então, a segunda atitude. Em vez de entrar em desespero, foque em buscar a solução daquele episódio o mais rápido possível. A namorada o abandonou? Reserve dois dias para apagar os vestígios da “ingrata”, desabafar com os amigos e chorar. Viva a dor intensamente! Será melhor do que tentar se concentrar nos livros antes do tempo. Garanto que no terceiro dia você estará pronto para voltar à sua rotina. Os livros até servirão como distração para se esquecer da decepção sofrida! O parente está doente? Ajude-o no que puder, no período de crise mais intensa. Quando ele começar a melhorar, você estará pronto para retomar os estudos sem crise de consciência! O carro capotou? Resolva os problemas com seguradora, oficina e tudo mais nos dois dias seguintes. Depois disso, volte a frequentar seu cursinho – de ônibus ou carona. Será até positivo conhecer os concurseiros que dividirem o transporte com você.

A terceira atitude, como já era de se esperar, é marcar uma data limite para a resolução do problema. Uma vez que este tenha sido resolvido, nada de tentar prorrogar o tempo longe dos livros! É hora de arregaçar as mangas e voltar à rotina! Lembre-se de que a vida continua e que as dificuldades é que nos fazem crescer. Da próxima vez, você namorará uma pessoa mais parecida com você, que o fará mais feliz! Se tiver que brigar com a namorada, deixará isso para depois do concurso. O parente doente o levará a valorizar mais a família, e assim por diante.

Finalmente, não tente recuperar o tempo perdido estudando de maneira tresloucada. Planeje seus estudos com método, levando em conta o desgaste físico e mental que você sofreu, o peso de cada disciplina, o grau de conhecimento adquirido em cada uma das matérias... Faça uma planilha de estudos “de recuperação”, com aumento gradual da carga diária e da complexidade dos assuntos.

Todo mundo passa por problemas. O que diferencia os vencedores dos fracassados é a maneira de encará-los.

Aproveito a oportunidade para divulgar o início de mais uma turma de consultoria no Ponto. Ela terá quatro meses de duração. Saiba mais no link:

HTTP://WWW.PONTODOSCONCURSOS.COM.BR/CURSOS/PRODUTOS_DESCRICAO.ASP?DESC=N&LANG=PT_BR&CODIGO_PRODUTO=1961

Bons estudos!

PS: Um beijo para o meu Ricardo!!!

Nádia Carolina

Nenhum comentário: