Por Ninha: Eu, eu mesmo e eu mesmo

Olá povos, boa noite. 
Noite passada sonhei com vocês, vocês eu digo geral aqui do blog rs...
Sonhei que conversava com todos, digo, que escrevia algo à todos. 
Acordei falando: Até quando vai se boicotar?
Nossa, até me assustei. 
Mas vamos a pergunta que fiz no sonho: O que tem feito pra ser aprovado?
Se não me falhe a memória escrevi algo parecido aqui há uns meses. 
Mas a questão de hoje é mais pessoal do que com todos nossos amigos daqui. 
Ou não...Bom, não tá fácil passar num concurso gente. 
Mas não tá mesmo. Cada vez mais cobranças, mais difícil, mais difícil, mais difícil. Não é?
Eu por minha vez estou quase cansada de tudo. Acordo, abro os olhos, olho ao redor e vejo os livros e cadernos e penso: Até quando. 
Sim, já sei..ATÉ PASSAR.
Mas quem aí já não se sentiu tão, mas tão desanimado que não teve mais forças pra prosseguir? Pois é, essa sou eu e sei que há muitos na mesma situação. 
Estou gastando uma grana que não é desse mundo pra fazer faculdade, pois quero voar mais alto. Mas tô aqui.
Tô tentando, juro que tô, mas o desânimo quase me consome em certas horas. 
Sei que muitos irão ler isso e vão dizer: Nossa, isso é muito eu!
Mas faça o que eu fiz, se olhe no espelho e pergunte o que tem feito por você, problemas todos temos das mais diversas dimensões. Mas parar tudo e sentar esperando o bonde passar não vai mudar as coisas. 
Mas os problemas se resolverão quando menos esperar e você? Estará parado no mesmo lugar. 
Piegas demais isso né, só que é a verdade.
Acham que é a primeira vez que faço esse auto exame? Não povos, volta e meia quando as coisas não vão bem, caio. 
Mas levanto, apanho, mas não dou a outra face. 
Esse lance de que as coisas acontecem na hora que tem que acontecer, pra mim fica como desculpa de não ter feito o meu melhor (me desculpe os mais crentes, mas sou cética demais). 
Então, levante essa cabeça. Vá ate´o espelho mais próximo e se pergunte: O QUE TENHO FEITO PRA QUE AS COISAS ACONTEÇAM?
Garanto que a resposta vai ser dolorosa pra alguns, mas como diz o poeta, se eu quiser encontrar as borboletas terei que encarar as lagartas (Mais ou menos assim).
Beijos à todos e até a próxima...


PS: Sim, isso é muito eu. Não, não tenho feito muito pra que as coisas aconteçam!!!! 

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito bom!