Quanto mais, melhor!


"E ainda vou construir uma escada de livros para chegar ao topo do conhecimento" Lílian Fernandes


Não sei se é real, mas lembro que na minha infância em Belém ouvi a estória de um vizinho que havia ficado doente de tanto estudar. Desde quando estudo vira uma patologia? Se assim o fosse, tantos gênios e tantos professores que conheço estariam dando aula em um hospício. Acredito que meu caminho seja o mesmo (risos).
Diante de uns fatos que ocorreram recentemente em minha vida percebi que o momento propício para adquirir mais conhecimento é agora! Inclui uma matéria online neste semestre, Carreira, Liderança e Trabalho em Equipe é aquela matéria que digo que é o retrato da vida de um bom profissional. O tema de hoje foi Motivação. Será que as empresas preocupam-se realmente em ter um profissional motivado? Se sim, o que fazem para tal? Se não, por que não despertam para essa realidade? Quantas empresas conheci que possuíam o motivação como uma de suas qualidades? Nenhuma! Conheço inúmeros trabalhadores que se maldizem quando abrem os olhos, sabendo que mais um dia de trabalho inicia-se. E outros tantos que na segunda feira torcem para que chegue logo sexta feira para irem logo para casa. E não acredito que seja por preguiça. Talvez seja pelo cansaço e o tédio da rotina administrativa diária.
E o que motiva os profissionais liberais já que não possuem uma empresa, uma rotina administrativa ou um chefe para lhe cobrar resultados? O que motiva os advogados? Digo, aqueles que estão atuando na área, que estão defendendo os interesses de um cliente e que fazem dos Fóruns e Tribunais seus escritórios móveis? Acredito que uma das coisas que os motive é o desafio de vencer seus próprios limites. Muitos querem ganhar status, dinheiro, comprar dois carros por ano, mas acredito que outros, querem atingir um grau de maturidade pessoal e profissional. A motivação estar no querer aprender no dia a dia. Aprender a ouvir, aprender a ser humilde. Sim, a área jurídica não necessita apenas de humildade, mas de humanidade. E para isso a força motriz chamasse: Automotivação. Motivar-se é a inópia do saber é lembrar-se sempre do: Eu sei que nada sei. Essa frase não devia ser esquecida jamais. Pois, o profissional, seja ele de qual área for, que acreditar que sabe de tudo é aquele que facilmente ficará para trás.
Quero continuar no anseio de conhecer, de aprimorar meu lado humano, para que somente assim, tenha um diferencial no meio que escolhi.
=
=
Fonte:

Um comentário:

Lilian Fernandes disse...

Olá Cátia! Boa Tarde! Sou a escritora do site Bacharelando Direito! Obrigada por ter postado um texto em seu blog! Fiquei muito Feliz! Espero que esse primeiro contato possa vir a ser uma futura parceria!!! Boa Final de Semana! Lílian Fernandes