Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Por Catia: Concurseiros, o que somos?



Ninguém é 100% de algo. Somos feitos de pequenas peças. Nunca inteiros ruins, nunca o todo de bondade. Complexidades que nos fazem a personalidade, distintos... Escolhas. Optamos por aquilo que achamos o certo, dentro do ponto de vista próp
rio, somando com os anos de experiência que a Vida nos proporciona. É assim que somos, por aquilo que almejamos, ter, e; de fato SER.
--
Concurseiros/Concursados/professores/amigos/irmãos. Cada qual e sua história, dores e superações. Dividimos a rotina, os nossos sonhos, nossas aflições. Elaboramos remédios malucos, saídas complicadas, damos a volta no desânimo e nos juntamos para fazer uma escada quando um não consegue pular a muralha tão alta. E apesar de parecer aos olhos dos que de longe nos observam, a maioria sem entender tanta loucura e abstinência, somos um SÓ...apenas uma voz...um caminho...uma meta. Não se subtrai, agrega-se quando nos damos as mãos. Porque no nosso mundo, Concurseiro entende Concurseiro.
SOMOS PARTE DE UM TODO!
---
Catia Pipoca-
-
Nesta vida nada se leva.. Só se deixa..
Então, te deixo o meu melhor sorriso..
Meu maior abraço..
Minha mellhor história..
Minha melhor intenção..
Toda a minha compreensão..
--
---

E da minha amizade...
A maior porção". ♥

2 comentários:

Davis Air disse...

É muito bom viver e aprender a saber que não necessitamos sentir pesar muito sobre nossos ombros a própria vida,nos esforçamos e nos superamos a cada dia,foi asssim colocado para nós enfrentarmos as lutas.e temos por lutas passado,e até aqui nos ajuda o senhor,e seremos asssim e felizes porque somos isso mesmo.Muito bom ouvir palavras assim,principalmente ao nosso público: concurseiros Catia.Encontrar pessoas na caminhada nos conforta e nos impulsiona a viver,até conseguimos escrever sobre os outros.Eis ai vc catia, um desses tesouros.
...
"A esperança do homem otimista aparece inesperadamente, como uma caixa de surpresas; ela funciona como um verão e não é guiada pela razão. Em qualquer momento que olha pela janela, ele vê tempos melhores chegando; apesar de quase tudo estar em seu modo de ver, e em nenhum outro lugar, ver pudim de farinha com passas na lua é um hábito bem mais feliz que resmungar de tudo como um sapo de duas pernas. Esse é o tipo de amigo para se ter por perto em uma noite negra como piche e em que chove muito, pois ele leva velas nos olhos e uma lareira no coração"balanceando a esperança com as atitudes para não sermos tão alúdicos,esse é o caminho a se seguir.(C H Spurgeo)
Espero um dia me deparar com essa menina Cátia...especial e amiga desde que a notei e conheci de observar!o senhor seja contigo!Abraçooos carinhosos a essa guerreira.

Anônimo disse...

foi...