Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

06/01/2012 - 73 dias para a prova TRESP - Reflexões...

Existe um momento em que nossos maiores esforços parecem reduzidos a nada. Horas de estudos vão aos poucos se tornando minutos ansiosos, fogem por nossas mãos, são substituídos por algumas distrações não trazem descanso algum, apenas aumentam ainda mais o cansaço acumulado.

Talvez esse seja o sinônimo mais adequado, o meu cansaço faz com que eu decline de meus objetivos, por mais motivos que eu tenha para prosseguir,e não são poucos, em algum momento, por algum motivo desconhecido eu paro. A única pergunta que ecoa em meu interior é para quê estudo? Apenas alcançar um cargo? Ser aprovado em um concurso está é a única razão para as quais direciono meus esforços? Talvez não seja apenas o fim maior, mas o meio de se conseguir realizar os sonhos que deixei para trás quando iniciei esta jornada de estudos.

Bem dizia o grande mestre William Douglas, após a aprovação você poderá a fazer tudo que sempre sonhou; uma viagem, escrever um livro, correr uma maratona, um curso,etc. As possibilidades se abrirão, mas enquanto estuda, lutando contra si e milhões inimigos reais e invisíveis que tentam a todo custo te fazer parar, existe apenas uma saída: não desistir.

As noites são assim tão escuras, olho para dentro de mim e me pergunto o quanto perdi? Lá fora alguns festejam, vejo fotos de amigos no facebook e parecem que estão distantes de mim, por um instante lembro-me do filme "Em Busca da Felicidade". Felicidade é o que mesmo? Alguns não sabem como se escreve, outros simplesmente a vivem sem se dar conta da dimensão desta palavra. Eu apenas espero encontrar um significado em que se enquadre meus sentimentos.

Se acertei ou errei, se sorri ou chorei, não há nada mais importante  que o presente, minhas ações e atitudes jamais poderão mudar o passado que tanto me incomoda, mas poderá construir quem sabe um futuro melhor. Um clichê um tanto comum, eu sei; entretanto, verdade seja dita: serei capaz de chegar além daquilo que me dispus a acreditar? Certamente que não.

Alguns dias separam o homem que sou daquele que serei com a aprovação. Mas como disse, é o meu presente que determinará meu futuro. E hoje sucumbi ao cansaço e as minhas tentativas de distração consumiram ainda mais minhas energias, passaram-se as horas rapidamente, lembro-me que queria dormir mais cedo, distrai com as pessoas que passam, olho para os livros e apenas me escondo...

2 comentários:

CatiaPipoca disse...

Que comece agora. E que seja permanente essa vontade de ir além daquilo que me espera. E que eu espero também. Uma vontade de ser. Àquela, que nasceu comigo e que me arrasta até a borda pra ver as flores que deixei de rastro pelo caminho. Que me dê cadência das atitudes na hora de agir. Que eu saiba puxar lá do fundo do baú, o jeito de sorrir pros nãos da vida. Que as perdas sejam medidas em milímetros e que todo ganho não possa ser medido por fita métrica nem contado em reais. Que minha bolsa esteja cheia de papéis coloridos e desenhados a giz de cera pelo anjo que mora comigo. Que as relações criadas sejam honestamente mantidas e seladas com abraços longos. Que eu possa também abrir espaço pra cultivar a todo instante as sementes do bem e da felicidade de quem não importa quem seja ou do mal que tenha feito para mim. Que a vida me ensine a amar cada vez mais, de um jeito mais leve. Que o respeito comigo mesmo seja sempre obedecido com a paz de quem está se encontrando e se conhecendo com um coração maior. Um encontro com a vontade de paz e o desejo de viver""

Francis Poeta disse...

Mais um belo momento de inspiração, Pipoca, parabéns.

Que Deus nos conceda muita força para conseguir alcançar este objetivo.

Bons estudos!

Beijos