Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Senado só deve ter concurso após reforma administrativa, diz relator

 

Para Benedito de Lira, relator da reforma, Casa precisa de mais servidores.
Reforma vai à votação na CCJ do Senado em novembro, afirmou o senador.

(Do G1, em Brasília)
 
O relator do projeto de reforma administrativa do Senado, Benedito de Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira (11), em entrevista à Rádio Senado, que um novo concurso público na Casa só deve ser realizado após mudanças administrativas previstas na reforma.
"É lógico que os quadros do Senado estão precisando, em alguns setores, de pessoas qualificadas. Evidentemente que é mais coerente, consensual entre os senadores, que isso só pode acontecer após a reforma administrativa. Eu acredito que qualquer concurso público só após a apreciação da reforma administrativa", disse Benedito de Lira.
Em julho, a diretora-geral do Senado, Doris Peixoto, disse que o edital do próximo concurso poderia sair até setembro de 2011, mas que a definição do número de vagas dependia da reforma administrativa.
O projeto de reforma administrativa foi anunciada pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), em 2009, após a crise dos atos secretos, que apontaram a nomeação de servidores em atos não publicados e a existência de funcionários fantasmas.
Envolto em uma série de denúncias de desperdício de dinheiro público, Sarney ordenou a contratação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para realizar um estudo sobre a estrutura da Casa e detectar focos de desperdício de recursos. Entre as sugestões propostas pela FGV, foi a redução das 181 diretorias da Casa.
De acordo com Benedito de Lira, o projeto de reforma administrativa deve ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) até o fim de novembro e ser aprovada no plenário da Casa ainda neste ano. Ele diz que, atualmente, prepara o relatório a ser votado na CCJ.

Fonte: www.globo.com

Nenhum comentário: