Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Ministro da Previdência volta a falar sobre concurso do INSS


RÁDIO PREVIDÊNCIA: Ministro inaugura mais três agências no Paraná
Tempo do áudio - 2min16seg
12/09/2011 - 16:47:00


LOC/REPÓRTER: O ministro da Previdencia Social, Garibaldi Alves Filho, inaugurou na manhã desta segunda-feira mais três agências no estado do Paraná. Os cidadãos de Cambará, Andirá e Mandaguari podem agora ter acesso a todos os benefícios da Previdência Social sem precisar sair de suas cidades. Além de expandir a rede de atendimento do INSS, o governo federal também trabalha para garantir a qualidade dos serviços previdenciários nas agências, como citou o ministro durante a cerimônia de inauguração.

TEC/SONORA: ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho.

"A melhoria do atendimento da previdência social supõe, claro, que nós possamos ter um quadro maior de funcionários. Então nós estamos agora tendo a autorização da presidenta e vamos lançar o edital nos próximos dias para mais 2.700 funcionários, o que ainda é insuficiente e vamos buscar um maior número”.

LOC/REPÓRTER: O ministro comentou ainda sobre os desafios que a Previdência Social brasileira tem pela frente.

TEC/SONORA: Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho.

"O grande desafio da Previdência não é o desafio dos dias de hoje, é o desafio do futuro, porque vamos ter a inversão da curva demográfica e hoje nós temos um país de mais jovens, e amanhã, e eu quando digo amanhã é 2030, poderemos ter um país de mais velhos do que jovens. As mudanças precisam ser feitas porque o modelo que está aí, da Previdência, é um modelo de repartição, quer dizer, você dessa geração contribui para que uma outra tenha os benefícios da aposentadoria, e esse modelo precisa ter um equilíbrio previdênciário".

LOC/REPÓRTER: Além dos desafios frente ao envelhecimento da população, o ministro falou sobre outros temas que precisam ser repensados pela população e citou o exemplo das pensões por morte, já que, atualmente, com apenas uma contribuição ao INSS o segurado pode deixar a pensão para uma viúva jovem, que irá usufrui-la pelo resto da vida.

De Brasília, Natália Oliveira


Nenhum comentário: