TCU autoriza concurso para 70 vagas de auditor federal de controle externo


Vagas para auditoria de obras públicas e psicologia serão para o DF.
Em auditoria governamental lotação será no DF, AC, AP, AM, MA, RO e RR.


O Instituto Serzedello Corrêa (ISC) publicou no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (4), na página 153 da Seção 3, autorização do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU) para a realização de concurso público para 70 vagas de auditor federal de controle externo, sendo 68 na área de controle externo, especialidade controle externo (42 em auditoria governamental e 26 em auditoria de obras públicas) e 2 na área de apoio técnico e administrativo, especialidade psicologia. Os cargos exigem nível superior de escolaridade.
As vagas para auditoria de obras públicas e psicologia serão para lotação no Distrito Federal. As vagas para auditoria governamental serão distribuídas da seguinte forma: 22 no Distrito Federal, 3 no Acre, 2 no Amapá, 1 no Amazonas, 6 no Maranhão, 4 em Rondônia e 4 em Roraima.

As normas de realização do concurso serão divulgadas no edital de abertura de inscrições.
O TCU não entra no corte de gastos anunciado pelo governo federal em fevereiro. Cabe ao Ministério do Planejamento autorizar concursos e nomeações de aprovados no Poder Executivo -o ministério não interfere no Legislativo e no Judiciário em relação à contratação de pessoal, portanto, concursos para a Câmara, tribunais, ministérios públicos, defensorias e procuradorias não são afetados pelo corte. Assim como concursos estaduais e municipais.

Os cargos militares das Forças Armadas também estão fora do contingenciamento – ficam sujeitos às restrições somente os cargos civis. O mesmo vale para as estatais que não dependem do Tesouro, ou seja, têm orçamento próprio, como o Banco do Brasil e os Correios.
G1.

Nenhum comentário: