Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Por Catia: - E aí? Você me pergunta.


Não é necessário explicar em que atuais circunstâncias se encontra a minha nova rotina.
Em resumo, entre idas e vindas de Hospital em Hospital.
Revira-volta da qual eu realmente não esperava.
E o que se faz quando a vida, ultimamente; sendo mais categórica e exata para que não pareça que tenho mais desgostos a vitórias, nesses dois últimos meses tem me dado mais desconforto e lutas?

Sempre os coloquei no colo dizendo que os Gigantes se levantam a todo momento, mas que somente assim é que descobrimos o quão somos capazes de superar e suportar qualquer que seja a tempestade. E é bem isso, meus amados. Nos primeiros dias o corpo se sente dilacerado de tão doído e cansado; os dias vão se passando, as coisas piorando, ficando cada vez mais complicadas; e notamos que, apesar das dores; que há mais força armazenada no Baú do que se supunha.

Penso que é mais um novo trajeto, mais histórias para compartilhar com vocês. Mais aço, mais concreto, mais gás, mais raça, e acima de tudo mais "Sangue no Zóio" renovado.

Ando com tanta saudades dos meus livros, do meu canto empoeirado, minhas canetas coloridas, do nosso BLOG, dos amigos tão amados, do meu silêncio, meus queridos Professores e admirados Autores.
Ah saudades, que tenta me afundar em um lodo sem volta. Areia movediça que me puxa os pés para o fundo, e dá sensação de uma partida sem volta!!

É como estar dentro de uma Gaiola se preparando para uma luta maior. Deixar o cérebro de molho. Sabem, o sentimento é quando se vê alguém partindo, e somente depois de muito tempo o revê. Ou ficar na expectativa de um encontro Fenomenal, de poder enfim dar aquele afago apertado e gostoso! É, ESTUDAR VICIA.

Não é fácil se arrancada do seu "habitat" como se amputa uma árvore do seu chão!!!

Um dia é como um mês, uma semana, vários meses. Vejo os dias se passando e me sinto refém de uma situação da qual não encontro uma saída plausível!! É a primeira vez que me vejo assim, nem quando fiquei em um leito de morte senti tamanha aflição!!!

Contudo, paro, respiro e converso um papo super franco com o "Senhor de todas as coisas".
Não imponho respostas, apesar de sentir meus pensamentos mergulhados em um Mar de perplexidade. Entretanto, meu coração, que ainda bate forte; e as minhas esperanças ainda não foram tiradas da Minh'alma. E é isso que tem sido o meu esteio, a luz de toda a escuridão!

E vou fazer o quê?

Câncer no Pâncreas, metástase pulmonar, rins que não funcionam direito(Atual diagnóstico da Dona Linda).

Reclamar!? GRITAR? Espernear? Dizer que não farei nada além de correr atrás do tempo perdido, e não deixar que meu sonho se afaste de mim por tanto tempo? E apertar o botão do "fodam-se" vocês que vou viver a minha vida?
Não nego que vez ou outra me pego pensando assim mesmo! Não, não nego!! Sou gente, sou pessoa, sou fraca...

Porém, ainda; humana. Logo me arrependo de tamanho egoísmo, e trato de afastar a energia negativa da minha Aura elevando meus pensamentos até o pico mais alto de uma montanha qualquer, e vislumbrar o que verdadeiramente nos move: A FÉ, a compaixão pelo próximo, a doação...

E se o meu, o teu fardo não tem sido nada leve. Imaginem a luta, para sobreviver, da Dona Linda?!!



Férias sinistras que venho enfrentando - dia após dia - e me reconstruindo toda vez que volto para casa com a sensação de uma pedra do tamanho de um prédio nas costas.

Pego todos meus limões e os bebo com a coragem que me é dada! Gole a Gole o amargo que me faz mais forte!

Continuo....logo terei que correr, eu bem sei!

Podem continuar, por ora sem mim, loguinho me encontro com vocês na nossa Jornada de sempre. Não me esperem, vão debaixo das Asas do Criador.

Vejo na maioria de vocês a chegada logo ali na esquina. Não é mesmo Rita? Não é mesmo Brás? Façam a Festa, guardem meu pedaço de Bolo, quando menos esperar estaremos novamente lado-a-lado.
POIS MINHA FÉ É INABALÁVEL!! E A MINHA FORÇA DE VONTADE, INTRANSPONÍVEL!!!
Sempre soube conviver com as afrontas, intrépida é o que sou!
PODE VIR, PODE BATER, Vida. Pode me despir de tudo. Mas meus sonhos e a minha coragem, só por cima do meu cadáver!
ESTOU VIVA! E VIVO, SUPERANDO!

Aquele abração de Ursa super forte.

5 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Cátia!
Quanto sofrimento amiga, mas Deus sempre nos mostra o caminho. Eu Creio.

"Tudo o que eu fiz, foi acreditar.
Eu ouvi Tua voz e obedeci.
Como pude então, ter chegado aqui.
Eu não posso crer, que é o fim...
Dizem: onde está o teu Deus?
Me perguntam o que fazer...

Quando o que era difícil se torna impossível.
Deus começa a agir.
Ele abre sempre uma porta onde não há saída.
O impossível faz acontecer.

O impossível ele faz.
Ele faz um caminho de milagres pelo mar."

Grande abraço.
Adriana-Belém/Pa

Sissym disse...

Amiga, querida, estou com voce, mesmo que longe. Vou lhe enviar um email, espero que o receba. Aguardarei resposta.

BEIJOS

CatiaPipoca disse...

Sissy, minha flor...sempre presente e grande amiga que fiz no DiHitt...anote meu celular...11 66146889...assim que o ler..apagarei.

mih disse...

Catia querida, nao sabia que vc estava passando por td isso. Tive um momento assim, mas fé em Deus, a vida nao eh sempre como a gente deseja, mas vamos continuar lutando, eu, aos poucos to voltando. Amiga, rezarei por vcs... Beijos

Antonio disse...

Força Cátia!!! Dizem que "o que é do homem o bicho não come". Portanto, coloque nas mãos de Deus o que vc está passando nesse momento e fique certa que tão logo tudo se acalme vc terá forças para continuar o projeto da realização dos seus sonhos!!

Abraços e fique com Deus