Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Como passar em provas e concursos.


Se você já foi aprovado no concurso público dos seus sonhos, não precisa ler este artigo. Mas se ainda não chegou nem perto disso e não sabe qual é a fórmula mágica da aprovação, hoje é seu dia de sorte: você está a um parágrafo de distância da descoberta do segredo.
Só existem duas regras para passar em concursos públicos:
Regra nº 1: Estude!
Regra nº 2: Não esqueça a Regra nº 1.
Algumas coisas nunca mudam. A Regra nº 1 é uma delas. Ela tem sido a base para a aprovação da imensa maioria dos candidatos a concursos públicos nos últimos 100 anos e continuará a ser assim daqui a 100 anos.
Por experiência própria, eu garanto que a Regra nº 1 funciona. Fui aprovado em todos os concursos que realizei. Em todos, usei a Regra nº 1.
A Regra nº 1 é um sucesso! No último concurso para Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil (um dos mais difíceis), todos os candidatos aprovados (inclusive o 1º colocado) aplicaram a Regra nº 1. Eu li uma entrevista com o 1º colocado. Acreditem! É verdade! Ele usou a Regra nº 1. O que fez ele passar não foi o “guaraná cerebral”, mas a Regra nº 1.
Eu desconfio que todos os conhecidos “gurus” dos concursos públicos também usam a Regra nº 1. Eles podem até querer esconder o fato, mas no fundo, também aplicam a Regra nº 1.
Foi nas minhas leituras diárias da Bíblia que eu descobri a Regra nº 1. No livro de Provérbios, fazendo uso da sabedoria que Deus concedeu-lhe, o Rei Salomão aconselha-nos:
“Apegue-se à instrução, não a abandone; guarde-a bem, pois dela depende a sua vida” (Provérbios 4.13).
Aplicando este provérbio aos concursos públicos, podemos dizer:
“Apegue-se à Regra nº 1, não a abandone; guarde-a bem, pois dela depende a sua aprovação”.
Na obra “Ética a Nicômaco”, Aristóteles (384-322 a.C.) afirma o seguinte:
“Existem vários caminhos que levam ao fracasso... e apenas um que leva ao sucesso.”
Aplicando o pensamento de Aristóteles aos concursos públicos, podemos dizer:
“Existem vários caminhos que levam à reprovação... e apenas um que leva à aprovação.”
O único caminho que  leva à aprovação é a Regra nº 1. Mas não se esqueça de também aplicar a Regra nº 2.
Assim, já para os estudos!
Hugo Goes
“Não a nós, Senhor Deus, nenhuma glória para nós, mas sim ao teu nome, por teu amor e por tua fidelidade!” (Salmo, 115: 1).

Nenhum comentário: