Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Por Catia: Estudar em casa ou fazer um Curso? O que está faltando?







Que tipo de concurseiro novato ou veterano você é? Para ser franco é preciso coragem


Acredito que de tantas essas, seja a maior dúvida que tire o sono de um concurseiro!

Vamos por partes.

Se é novato, acho fundamental que procure um cursinho e troque ideias com professores e os colegas da sala.

Primeiro, um novato ainda não adquiriu malícia suficiente, tudo que ler e comprar, vai achar ótimo. Só saberá separar o bom do ruim, experimentando, quebrando a cara, não tem jeito.


Posso me dar como exemplo. Logo que vim morar em São Paulo tinha em mente que seria para vir atrás do meu sonho, ser servidora pública federal. Assim que cheguei me matriculei em um cursinho próximo da minha casa. Aulas todos os dias e estava me dando por satisfeita porque além de fazê-las, havia comprado duas apostilas e tirava o resto do dia para estudar. Na época estava aguardando autorização do concurso para o INSS, seis meses adiantada, estava a todo vapor. Ciente de que havia estudado em colégios fracos estaduais; sem base nenhuma, comecei do zero.
Três meses depois o cursinho faliu e fomos encaminhados para um outro próximo ao metrô República, entrando em uma turma que já estava em andamento. Senti na pele em como estava atrasada em relação a eles. Parecia uma estrangeira, não conseguia pegar o ritmo. Sendo assim, comecei a fazer amizade com um...com outro..trocar ideias e descobri que a minha apostila era uma das piores e o curso que eu estava fazendo, a derrota de tão ruim ..Entendem o problema que é estudar por material fraco? Você pode estar se matando de estudar, absorver tudo que investiu, mas estar estudando coisa errada ou insuficiente.
E assim como a maioria de nós, teimosa que sou, pensei que talvez eles estivessem exagerando, claro; algumas dicas eu usei, mas as outras descartei e mantive os estudos em cima das apostilas.

Em resumo, ferro!!!
Para uma primeira prova não fui tão mal, seis meses, novata, caipirona de tudo, nem sabia que Cespe deveria levar caneta preta com tubinho transparente, coisas de gente inocente e desligada, óbvio. Francamente, ainda faço essas confusões. Óh caos!!! (risos) Hoje, destrincho os editais e anoto todos os pontos mais importantes por precaução. Vai que....já sabe....rs

Adiante, se o muito não bastasse pouco, ainda quebrei um monte a cara por pura teimosia. Pontos fracos que me estagnavam:

Estar rodeada de pessoas que não eram tão dedicadas aos estudos.
Viciada em net.
Estudava sem uma boa estratégia.
Não resolvia exercícios
Não procurava decorar (antes) a lei seca.
Não tinha um bom livro de gramática
Não pesquisava.
Perdia tempo lendo coisas em demasia e desnecessária.
Só queria garimpar coisa de graça na net, a maioria desatualizada.
E tantos outros que hoje nem me vem a mente para citar.


Continuei batendo a cara em cursinhos aqui outros acolá. E nessas indas e vindas, fui aprendendo a duras penas a separar o bom do ruim. A ter mais disciplina e seriedade nos estudos. E puxa, levou tempo para aprender a estudar: Mais de 1 ano, lamentavelmente! Sendo que comecei no final de 2008 como concurseira.

Em 2010 resolvi dar um basta e vi que era preciso aumentar minhas pontuações. Fui fazendo um limpa na minha vida pessoal, nos amigos que não me agregavam em absolutamente nada, reduzi de forma consistente a net(apenas nas pausas e quando cumpro o cronograma de estudos). Não foi fácil, confesso. Foi uma luta diária, tirando aos poucos e não de "supetão". Tendo plena consciência de que sempre há algo para se melhorar.

Certamente que há um ou outro que, dependendo do certame, se estadual ou municipal, e poucos inscritos, se dê bem. Acredito nisso, mas vi que se quisesse de fato ser um dia servidora pública federal, ou mesmo que Estadual, porém de um certame mais concorrido, seria preciso ter mais humildade e aprender a ouvir os conselhos bons daqueles que estavam na estrada a mais tempo do que eu, também professores e os já concursados.

Tendo isso na bagagem, estudar em casa pode ser um bom aliado sim, se for disciplinado.
E ainda sim, o ponto negativo seria a dificuldade em sanar dúvidas. O aprendizado tende a ser mais demorado sem a orientação de um bom professor. Podem ter certeza disso!



Já os mais veteranos que estão na estrada há tempos e estagnaram, é hora da boa e velha repaginada somada a sinceridade consigo mesmo. Aceitar de forma humilde as próprias falhas e dar uma revira-volta no jogo que só se perde!! Não serei eu que apontarei os motivos que o fizeram parar no tempo, os porquês de até agora não ter melhorado nas pontuações, ver novatos alcançando as suas notas, deve ser frustrante!! Ou vira a mesa e faz o dever de casa como se deve, ou largue mão de tudo. Simples assim, é uma coisa ou outra. Quente ou frio!! Ficar no meio termo empacando a própria vida sem sair do lugar até quando? Fica apontando erro de um e de outro. Botando defeito em cursos o tempo todo sem nem sequer se mexer do lugar por falta de dinheiro ou falta de vontade , se achando o melhor sendo que no fundo sabe que não é, não vai mudar a tua vida se não procurar aceitar que algo está errado!!! Estamos sendo francos um com o outro aqui. Ou você pensa que eu não tive este mesmo papo comigo mesma? Lógico que sim, e quando abri meus olhos, chorei muito, mas admiti humildemente meus erros!!! "Ás vezes até um chute na bunda te leva pra frente"!!! Uns bons tapas na bunda nos fazem acordar pra vida!!! Nem sempre passar a mão na cabecinha para agradar funciona. É hora de despertar!!!


Aceitem o não, tem muita verdade em cada linha disso tudo que escrevi!!!

Poderia citar outros exemplos, outros obstáculos e motivos que possa estar estagnando um concurseiro. Claro que há outros, eu bem sei. Como a saúde, problemas familiares, dificuldades graves, financeiras..etc e tal...mas hoje meu texto abordou apenas Novatos inexperientes, teimosos e alguns veteranos.


E varrendo todos esses pormenores que nos puxam para baixo, policiando a preguiça, lutando com nós mesmos, ainda temos muito o que aprender, muito o que lutar. São milhares e milhares de pessoas visando os mesmos propósitos que os nossos. E Ainda fazendo todo o dever de casa, administrando de forma humilde, estudando com seriedade, também precisamos manter a fé, a garra e saber alimentar a paciência. Se tem feito tudo isso, pode ter absoluta certeza de que a sua hora está bem próxima. Entrar na fila e saber esperar. Muito da demora em diversos casos estão fora dos citados acima, Deus sabe do seu trabalho é justo!! Cada qual no seu degrau, no seu momento. E quando chegar o dia, acredite, o mundo vai conspirar a seu favor. Tenho muita fé nisso. Você tem fé em quê? Em quem?
Se fazer cursinho ou não, estudar em casa ou não. Serão seus próprios espinhos, suas lições que conforme a caminhada, fatalmente, adquirirá. Oxalá, que não quebre tanto a cara como eu quebrei para ter um pouquinho mais de noção de que é preciso saber ouvir conselhos bons. É preciso arriscar, meter as caras com coragem e ir enfrente sem titubear!!! Andar com suas próprias pernas de mãos dadas com pessoas que te somem e sejam melhores do que você. Pense nisso....é preciso humildade e se preciso derrubar a velha casa para que se possa construir outra forte em solos firmes, férteis e mais produtivos.


Abração de ursa da Pipoca.

12 comentários:

Dicas da Nutri disse...

OI Catita parabéns pela sua determinação. Este post deu para dar uma iluminada...
Você sabe de algum cursinho preparatório bom p/ petrobrás?
beijos!!!

Atepassar Patricia Arruda disse...

As dúvidas são um problema msm. No meu caso, eu caço td na net. Procuro em jurisprudência, doutrina. Percebo, que, em regra, até para passar em um concurso de gde porte, a pessoa tem que ter $$. Isso, de certa forma, é injusto, pois mta gente boa, sequer, começa a estudar.

Anônimo disse...

Esse seu post é perfeito Catia! Eu, em meados de 2009, não sabia o que era uma CF. Ainda mais que sou da área de TI. Rodei os 3 maiores cursinhos preparatórios aqui em Fortaleza. Eu voava tanto em sala. O profº falava e eu não conseguia entender metade, mas ficava em sala msm assim. Cansada, pois saía do trabalho e ia direto. Até que percebi que havia adquirido conhecimento suficiente para estudar em casa. Eu não aguentava mais ouvir aulas do art. 5ª, CF. E hoje, estudando em casa, estou batendo na trave nas provas. Mas no início o curso é fundamental.

Atepassar Abimael Gomes disse...

me identifiquei muito com o artigo cátia... antes eu só procurava material com o menor número de páginas para tera falsa impressão de dever cumprido... agora me preocupo se o autor é bom, se o material é de boa qualidade e medo de comprar material defasado, não importa o númro de páginas, nem quanto tempo vou terminar, só q quero o melhor... porque vou colher mais tarde o melhor...

Anônimo disse...

Приветики! Сломал я на днях принадлежащий старенький струйник hp, надоел он мне, кокнул я его вдребезги нафик, опять засох картридж баянно, решил я покупать наконецто лазерник, и решил который это довольно именно кэнон, достал меня хьюлет своим качеством( купил следовательно [url=http://komputernn.ru]лазерник canon[/url] и сейчас даволин на безвыездно 100500! Установка драйвера заняла пару минут и вот принтер уже соглашаться к печати) днесь я печатаю круг божий сутки и не знаю никаких трабл с картриджами =) заправки хватает приблизительно на год и стоит она дёшево - триста рублёв и конец) рекомендую кэнон, ребяты.

Anônimo disse...

Nany Padilha acertou em cheio a minha conturbada consciência .

Anônimo disse...

Muito bom o seu post!
É sempre uma dúvida que persegue os concurseiros. Eu mesma estive em dúvida e decidi recentemente começar um bom cursinho para ter uma boa base...

Anônimo disse...

Parabens. Adoreei o texto. Vc sim por td humildade e sinceridade tm sido para nos fonte de inspiracao

Pantoja disse...

Muito legal este artigo, gostei!

Realmente concordo com você pipoca. Mas quero fazer uma colocação: Estudar por Curso ou "Sozinho" em casa pode ser muito eficaz. Na verdade Curso ajuda quem ja tem base, tem q ser um complemento das horas de estudo a só.

Aconselho alguem que for fazer curso que tenha uma base antes. Fazer curso sem base alguma só desanima pois tem sempre uma galerinha FERA na turma que se destaca e agente acha q não somos "nada", e isso desmotiva.

Pegue a base em livros escolares de 5ª a 8ª série. Se ja estiver bem passe para os de 2º Grau. Ai sim faça um curso e arrebente!

Um forte abraço do Pantoja.

CatiaPipoca disse...

Bom dia queridos guerreiros!!! Agradeço todos os comentários....não é fácil vencer batalhas internas, mas como muito esforço, fé e perseverança, vamos conseguir. Basta não desistir diante de alguns desafios, é respirar fundo e ir sempre enfrente.

CatiaPipoca disse...

Fabio, eu discordo, porque um bom curso, tendo um professor ou amigos que possam te dar certas dicas, pode ser um grande atalho para que abram seus olhos para o que se deve comprar ou não. Eu sou concurseira em campo e sei bem o que isso custo(estudar sozinho dando tiro no escuro)....nos custa tempo, e isso é o que não temos, e quando sosmo obrigamos a ter9o tempo..a demora...por falta de experiência) nos dói.
.
Não dá para estudar sozinho....é o mesmo que colocar uma criança de quatro anos e um monte de livros..ela não vai saber por onde começar se não tiver alguém para instrui-la.
.
.
Depois que adquire-se um pouco de experiência, aí sim, acredito que a pessoa tenha base para continuar os estudos em casa.
.
.
Grande abraço.

Iara Cristina disse...

Oi, linda! Você como sempre oportuna... com seus artigos tão francos e que chegam até o coração. Obrigada, Catita!!! Beijos carinhosos.