IBGE divulga edital para 4.250 vagas temporárias.


Cargo é de agente de pesquisa e mapeamento, de nível médio.
Há outra seleção com inscrições abertas para 150 vagas no RJ.


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (29) o edital do processo seletivo para 4.250 vagas temporárias de agente de pesquisas e mapeamento, que exige nível médio. O salário é de R$ 850. As vagas são para 554 municípios distribuídos pelos 26 estados e no Distrito Federal. Há 235 vagas reservadas a pessoas portadoras de deficiência em todo o Brasil. O candidato portador de deficiência deverá verificar se há esse tipo de vaga no município ao qual deseja concorrer.
A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os serviços serão prestados pelo prazo máximo de 24 meses.
IBGE
Inscrições
De 29 de agosto a 19 de setembro
Vagas
4.250
Salário
R$ 850
Taxa
R$ 20
Provas
30 de outubro
 Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por apostilamento, por igual período, estritamente de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. As renovações e/ou rescisões dos contratos estarão condicionadas ao cronograma das pesquisas e à respectiva dotação orçamentária, assim como aos resultados da avaliação de desempenho do contratado. Os candidatos contratados, durante a prestação de serviços temporário, serão avaliados mensalmente, observados os seguintes fatores: cumprimento de prazos, qualidade do trabalho e assiduidade.
O contratado receberá auxílio-alimentação e auxílio-transporte, assim como terá direito a férias e ao 13º salário.

As inscrições serão efetuadas, no período de 29 de agosto a 19 de setembro, através do endereço eletrônicowww.consulplan.net ou através do Posto de Inscrição Informatizado nos municípios onde houver vagas, conforme lista divulgada no mesmo endereço eletrônico a partir de 10 de agosto, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h. A taxa é de R$ 20.
As provas têm data inicialmente prevista para 30 de outubro, com duração de quatro horas, das 13h às 17h (considerando-se o horário de Brasília), simultaneamente em todos os 467 polos de provas definidos, em local a ser informado de 14 a 28 de outubro, período de divulgação da confirmação da inscrição.
Os candidatos realizarão as provas nos municípios designados como polos de provas daqueles que optaram por concorrer às vagas, de acordo com o especificado no Anexo IV do edital.
O cargo de agente de pesquisas e mapeamento terá provas objetivas com as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, conhecimentos gerais, noções de informática e geografia.
As convocações deverão ser realizadas a partir de 24 de novembro deste ano.
150 vagas no RJ
Na terça-feira (26), foi lançado o edital para 150 vagas temporárias: 18 para supervisor de pesquisas e 132 para agente de pesquisas por telefone, para atuar no município do Rio de Janeiro. Os salários são, respectivamente, de R$ 4 mil e R$ 700.
O contratado receberá auxílio-alimentação e auxílio-transporte, assim como terá direito a férias e ao 13º salário.

Os profissionais atuarão na realização da Pesquisa de Inovação Tecnológica - Pintec 2011, Pesquisa de Tecnologia de Informação e Comunicação - Empresa - TIC-Empresa 2012, Sistema de Manutenção Cadastral do Cadastro Central de Empresas - Simcad 2011 e Pesquisa de Serviços de Publicidade e Promoção - PSPP 2010.
Para agente de pesquisa por telefone é necessário nível médio e um ano de experiência comprovada na função de operador de teleatendimento. Para supervisor de pesquisa é exigido nível superior em qualquer área (15 vagas) e em estatística (3).
Os serviços serão prestados pelo prazo máximo de 12 meses, podendo ser prorrogado, desde que não exceda 24 meses. Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por apostilamento, por igual período, estritamente de acordo com a necessidade do trabalho.
As renovações e/ou rescisões dos contratos estarão condicionadas ao cronograma da coleta e aos resultados da avaliação de desempenho do contratado.
O candidato contratado terá o seu desempenho avaliado mensalmente, observados os seguintes fatores: para a função de supervisor de pesquisas, assiduidade e conhecimento, acompanhamento e controle; e para agente de pesquisas por telefone, assiduidade e comunicação.
Para a função de supervisor de pesquisas, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias, no período compreendido entre 7h e 19h.
Para a função de agente de pesquisas por telefone, a jornada de trabalho será de 30 horas semanais, sendo 6 horas diárias, distribuídas nos seguintes turnos: das 7h às 13h (66 vagas) e das 13h às 19h (66 vagas).
As inscrições serão feitas no site da Consulplan (www.consulplan.net), empresa responsável pela operacionalização da seleção, no período de 0h do dia 9 de agosto até as 23h59 do dia 22 de agosto (horário de Brasília), e custarão R$ 20,00 para agente de pesquisas por telefone e R$ 100,00 para supervisor de pesquisas.
Ficam reservados 5% do total das vagas para pessoas com deficiência - uma vaga para supervisor de pesquisas, que exige curso superior completo em qualquer área, e 8 para agente de pesquisas por telefone, quatro em cada turno.
As provas serão aplicadas no dia 2 de outubro, com duração de 4 horas, das 13h às 17h, simultaneamente, em todos os locais de provas a serem informados a partir do dia 19 de
setembro.

Para supervisor de pesquisa a prova objetiva terá língua portuguesa, conhecimento específico, noções de administração/situações gerenciais e noções de informática.
Para agente de pesquisa por telefone a prova objetiva terá língua portuguesa, conhecimentos gerais, raciocínio lógico e noções de informática.
A convocação dos aprovados será a partir de 24 de outubro.
O Ministério do Planejamento autorizou ainda 100 vagas de agente de coleta regional, que exige nível superior. Nesse cargo não há informações sobre salário, localidades das vagas nem de quando sairá o edital.
Concurso anterior
No ano de 2009 foram realizados processos seletivos simplificados destinados à contratação, por prazo determinado, de 120 profissionais para agente de pesquisa por telefone, 18 para supervisor de pesquisa e de 3.500 profissionais para a função de agente de pesquisa e mapeamento, para realização de pesquisas econômicas e sociodemográficas de caráter temporário.
O prazo de validade das seleções é de dois anos. Assim, a partir de maio e de agosto de 2011, respectivamente, o IBGE não mais poderá contratar candidatos aprovados nesses processos seletivos.
A estimativa é de 168.000 candidatos inscritos no processo seletivo de agente de pesquisa e mapeamento, de 2.466 candidatos inscritos para a função de agente de pesquisa por telefone e de 820 para supervisor de pesquisa, tendo em vista os processos seletivos para os cargos realizados em 2009.
G1.

Nenhum comentário: