Empresa Brasil de Comunicação abre inscrições para 537 vagas.


Cargos são de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 1.698,00 a R$ 5.803,00.


A Empresa Brasil de Comunicação abre nesta sexta-feira (15) as inscrições do concurso para o total de 537 vagas em cargos de nível médio e superior em três editais - 31 são reservadas aos portadores de deficiência. Os salários vão de R$ 1.698,00 a R$ 5.803,00.
As vagas são para as cidades de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Tabatinga (AM) e São Luís.
Empresa Brasil de Comunicação
Inscrições
De 15 de julho a 7 de agosto
Vagas
537
Salário
De R$ 1.698,00 a R$ 5.803,00
Taxa
R$ 37 e R$ 62
Prova
25 de setembro
Edital 1
No primeiro edital para 391 vagas e cadastro de reserva os cargos são de analista de empresa de comunicação pública (nível superior em várias áreas de formação), técnico de operações de empresa de comunicação pública, técnico de produção e manutenção de empresa de comunicação pública e técnico de área de administração de empresa de comunicação pública (nível médio).
O cargo de analista é nas atividades de administração, administração de sistemas, acervo e pesquisa, advocacia, animação, arquivologia, assistência social, ciências sociais, contabilidade, criação e desenvolvimento em web e plataformas digitais, economia, engenharia de software, engenharia em segurança do trabalho, engenharia em rádio e televisão, estatística, locução especializada, medicina do trabalho, pedagogia, produção de arte e cenografia, produção de estilo e figurino, produção executiva de rádio, televisão e mídias digitais, psicologia, publicidade, relações públicas, revisão de textos, sonoplastia e tradução (inglês ou espanhol).
Para técnico de operações as atividades são em apoio imagem, auxílio operacional, câmera, iluminação, operação de áudio, sistemas e transmissão.
O cargo de técnico de produção as atividades são de apoio operacional à produção, áudio descrição, cenotécnica, direção de imagem, edição e finalização de imagem, estilismo, manutenção e suporte de rádio, manutenção e suporte de televisão, programação e tradução e interpretação da língua brasileira de sinais – libras.
O cargo de técnico de área de administração é para as atividades de administração, enfermagem do trabalho e segurança do trabalho.
Os salários são de R$ 2.843,00 para analista de empresa de comunicação pública e de R$ 1.698,00 para técnico de operações de empresa de comunicação pública, técnico de produção e manutenção de empresa de comunicação pública e técnico de área de administração de empresa de comunicação pública.
Edital 2
O segundo edital é para 119 vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de jornalista. O salário é de R$ 2.843,00.
As atividades são jornalismo, que exige graduação em jornalismo (86 vagas e cadastro), e reportagem cinematográfica (26 vagas e cadastro) e reportagem fotográfica, que exigem nível superior em qualquer área (7 vagas e cadastro).
Edital 3
O terceiro edital é para 27 vagas e formação de cadastro de reserva para gestor de atividade jornalística de empresa de comunicação pública. O cargo exige nível superior em jornalismo. O salário é de R$ 5.803,00.
Inscrições e provas
As inscrições devem ser feitas no período das 10h do dia 15 de julho até as 23h59 do dia 7 de agosto pelos sites http://www.cespe.unb.br/concursos/EBC2011/,http://www.cespe.unb.br/concursos/EBC_JORNALISTA2011/ ehttp://www.cespe.unb.br/concursos/EBC_GESTOR2011/. As taxas são de R$ 62 para nível superior e de R$ 37 para nível médio.
Nos três editais, a seleção será feita por meio de provas objetivas, discursivas, prática profissional e, ainda, avaliação de títulos, sendo que as três últimas serão aplicadas apenas para cargos específicos. Todas as etapas serão realizadas nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus e São Luís. As provas objetivas, discursiva e prática profissional estão previstas para o dia 25 de setembro, nos turnos da manhã e tarde.
Os locais e o horário de realização das provas objetivas e da prova prática profissional serão divulgados a partir da data provável de 15 de setembro.
G1.

Nenhum comentário: