Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Por Vinny: Inverno de um Concurseiro

O inverno também chega à rotina dos concurseiros, fase mais critica não há. É quando tudo desacelera e o frio parece congelar também a alma. Lugar onde as maiores dúvidas e tremores surgem. Perguntas tais como: será que vou conseguir atravessar essa estação, apavoram. É quando toda esperança parece migrar para outras regiões mais quentes, mas você precisa dela ali, bem próxima do coração, acalentando e motivando o espírito a sempre prosseguir.


Nessa estação todo cuidado deve ser redobrado. Ela não obedece a uma ordem cronológica, um calendário pontual. Chega a nossas vidas inesperadamente, arromba logo as portas do nosso coração com suas rajadas de ventos cortantes. Dilacera a alma e produz uma dor insuportável. O frio intenso faz a pessoa mais valente tremer. Você busca o calor humano e não encontra, apenas o silêncio se faz presente.

Amigos? Onde estão? Alguns vivendo sua primavera correm pelos campos, inspirados pela terna estação avançam nos estudos, e você atônito se pergunta: como pode duas estações, parecem coexistir em espaços tão próximos, porém tão distantes entre si. Enquanto isso, naquele quarto se esconde você, num amontoado de cobertores, sem querer abrir os olhos. Estudar não é a melhor coisa a se fazer quando se precisa manter aquecido. Entretanto se manter inerte é pouco recomendado quando a reprovação, noite escura e densa, mergulha cada vez em suas curtíssimas horas.

O que desespera muitas vezes é não saber quando a tempestade irá passar. Nesse meio tempo você fica ilhado em pensamentos congelados, literalmente. Absorvido pela por uma inércia, atônito pela demora em responder a situação. Ainda que mencionem que tudo acontece no tempo certo, dúvidas borbulham em lugar da certeza. A jornada em busca do conhecimento é longa, teremos que enfrentar o inverno diversas vezes, isso é fato, precisamos, então, estar preparados.

A redução no ritmo de estudos é inevitável, entretanto, parar de se movimentar, ou seja, estudar é ficar no meio de uma tempestade de neve esperando ser encoberto por ela. Certamente o resultado será a morte, quem se arrisca tanto assim? No certame esperado não é diferente, render-se ao inverno é ficar fadado ao fracasso. Contudo quando você se movimenta, caminha, continua. Suas chances de sobrevivência são aumentadas. E tão certo como ele chegou, logo passará.

No inverno por natureza nossa vida tende a desacelerar. Porém todo cuidado é necessário. Por descuido alguns chegam a entrar naquele estado de hibernação, e por consequência não veem o tempo passar, quando se dão conta o inverno passou, a chance da sua vida passou, resta apenas recomeçar se ainda lhe sobrarem forças. Manter-se sempre aquecido e alerta é fundamental. Pois é nessa época que podemos perder pontos essências na preparação em busca do nosso sonho. Logo quem quer aprovação não pode ficar parado, nunca, muito menos numa estação onde deixar esfriar a fé pode ser fatal.


Uma ótima semana e bons estudos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Acho que é o primeiro artigo-poema que consigo entender!rs

Poesia ou poema... não dá para pesquisar agora e escrever com precisão.

Sei que usou figuras de linguagem, metáforas...


Ficou muito legal!
Parabéns!

Além da formosura, transmitiu uma mensagem bacana. Muito importante.


Brás