Por Catia: Cara, devo ser masoquista.

Desabafo que recebi hoje de um colega anônimo(preservando o nome). O qual creio que muitos de nós já nos sentimos assim:



"Cara, ando em pânico. Parece que quanto mais eu estudo, menos sei. Sabe aquela sensação ruim que parece acorrentar? A sensação de que não vamos muito longe? Olho minhas pilhas de livros, pilhas de escritos, pilhas de gente criticando, pilhas e pilhas de bolo fecal que faz questão de feder o tempo todo a minha volta? E apesar disso, não sei o que acontece, devo ser masoquista, devo ter nascido para sofrer, sim de fato não gosto de me sentir assim; reluto, reclamo, mas estou sempre ali tentando..tentando....caindo..gritando...chorando...sufoco sem fim.....quase ninguém sabe as minhas dores, ultimamente, e para te falar a verdade quase não tenho amigos, tão sozinho, tão sem chão, ando em cima de nuvens, ou melhor, pisando em cascas de ovos. Não sei cara, o que sei é que devo ser um teimoso sem cura, por mais que tentem me convencer de que eu não vou conseguir, mais ainda eu quero, mais ainda eu luto, mais ainda desejo chegar lá!! Pulo poços, piso em pregos, meto o pé na merda mesmo!!....é engraçado, mas em nenhum momento senti vontade de desistir".
-
-
Com você é assim?
-------------------
-----------------------
É assim que um Guerreiro deve ser, cara!
Só perde a Guerra quem desiste!

Ah! Se eu pudesse chegar sem ter que ir"(Pe. Fábio de Melo)

Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; "


Não é preciso ter coragem para sonhar, mas viver o risco dos seus SONHOS.

Nenhum comentário: