Por Carlos: Tragédia no RJ - Não vamos só lamentar, aproveitemos para ajudar...

Boa tarde, flores do dia e irmãos de luta!!!

Hoje é um dia triste para nós, cariocas. Aliás, um dia triste nesse mundo de seres em evolução constante.

Acredito que a maioria já terá tomado conhecimento da tragédia ocorrida numa escola pública da zona oeste do Rio de Janeiro, quando ler esse post.

Mas, na verdade, o motivo desse post não é comentar sobre a tragédia. Não. Isso eu deixo para a imprensa escrita, falada e televisada, que irá fazê-lo à exaustão.

O que eu quero propor a vocês, flores e irmãos, é aproveitar esse ensejo triste para reverter essa energia em algo positivo.

Como? Usando nossa solidariedade.

Com o ocorrido, o banco de sangue do Rio de Janeiro - Hemorio - voltou todo seu estoque para atender os feridos, que foram muitos. Por isso, o órgão está pedindo doações de sangue urgentes.

Então, peço às flores e aos irmãos cariocas que, se possível, interrompam seus estudos por um momento (sim, só hoje!) e se dirijam à Sede do Hemorio - Rua Frei Caneca, 8 - Centro - RJ, ou nos outros núcleos de hemoterapia da rede.

O horário de atendimento é das 8 às 18 hs.

Vamos aproveitar esse ensejo também, para fazermos disso uma prática, um hábito! Posso dizer a vocês que hoje o processo é seguro. Já doei sangue e fui muito bem atendido, e até eu, que morro de medo de agulhas e passo mal fazendo exames de sangue, não tive problemas com a doação.

Não se restrinjam ao dia de hoje. Hoje é uma situação excepcional, mas as doações SEMPRE são necessárias. Então, se não puder ir hoje, não se acanhe. Programe sua agenda e use um dia para fazer esse ato de amor ao próximo!!!!


Beijos e abraços a todos! Muita paz e muita luz, sempre!!!

2 comentários:

Ministério disse...

Olá, blogueiro (a),

Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

Acesse http://doe.vc/mq e saiba mais.

Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Atenciosamente,

Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

Carlos Amaral disse...

Exatamente por acreditar que palavras bem ditas podem salvar vidas, foi q tive a idéia de postar sobre a doação. Temos o direito de nos entristecer, mas temos o dever de responder, não com violência, mas com iniciativa!
Essa campanha vale um post!!! Vou procurar o material e postar.