Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Incentivo insidioso.

Incentivo insidioso.


Olá galera, boa tarde! Gostaria de registrar uns pensamentos que tenho sobre a forma que algumas as pessoas proferem palavras de incentivo às outras. Vou escrever de forma empírica. Nas próximas linhas irei expressar a minha opinião; aceito críticas e pensamentos contrários. Depois desse alerta inicial vamos ao que interessa rs.

Existem pessoas que magoam as outras por inocência, mas existem as que fazem isso por gosto(maldade). Não sou Deus, sou um ser humano imperfeito e pecador, não tenho a intenção de julgar ninguém, pois cada um segue a sua doutrina. Eu só queria alertar para que você evite palavras de incentivo do tipo: Agora vai né? Você estudou tanto que será impossível não ser aprovado... Já está na hora... Se não for agora desista... Apesar dos antigos insucessos dessa vez você vai conseguir... etc e tal.

Acho que quando queremos elogiar uma pessoa sob hipótese alguma devemos ressaltar os seus defeitos, erros e depois elogiar. Por exemplo: Você apesar de ser baixo,barrigudo e careca é uma pessoa boa e o meu melhor amigo. Outra coisa, jamais  diga a uma mulher:nossa como você ESTÁ linda, pois as mulheres não gostam do verbo ESTAR e sim do verbo SER. SER linda e não ESTAR linda rs.Porém se você quiser perder pontos com ela faça isso rs. Eu passei uma vergonha "da zorra" que jamais irei passar de novo. Eu revi uma colega que há tempos não via. Daí quando fui cumprimentar eu perguntei você está grávida? Ela respondeu: Não por quê? Eu estou muito gorda?Fiquei muito envergonhado. Amigo,o silêncio é melhor que palavras mal usadas. 

Quando for elogiar esqueça as “firulas”(o excesso).Já ouviu falar que tudo demais é veneno? Então! Quando quiser levantar o astral de uma pessoa seja breve, e muito cuidadoso com as palavras, pois “de boas intenções o inferno está cheio rs. Eu nem posso escrever isso porque eu sou um inalterável exagerado rs. A única coisa que eu gostaria de ouvir seria: Eu confio em você faça o seu melhor e seja o que Deus quiser. Bem, por hoje é só... E se discordar do meu pensamento pode me criticar a vontade e mostrar o meu erro, pois eu sei pedir perdão e reconhecer o erro. Às vezes eu falo demais... Aliud alic vitio est (Cada qual tem seu defeito) Não há que ser forte. Há que ser flexível. (Provérbio chinês)

3 comentários:

Brás disse...

Cleyton,
Concordo que algumas pessoas magoam na inocência e outras intencionalmente, mesmo. Nem dou exemplos desse último caso, pois não me faz bem, já que minha indignação vai ao extremo.

Sobre essas palavras de incentivo constrangedoras, eu não sei onde está o problema: se está nas palavras ou no passado do incentivado.
Se o sujeito não superou alguma infelicidade do passado (uma ou mais reprovações), o problema está com ele. Se ele se magoa ou se envergonha ao se recordar do passado, então ele deve trabalhar isso para superar ou então evitar ter contato social, para não ficar aborrecido ou explodindo à toa, achando que a outra pessoa esteja mal-intencionada, ao fazer referência àquele fato.

''Agora vai né? Você estudou tanto que será impossível não ser aprovado... Já está na hora... Se não for agora desista..."
Essas expressões que você usou para ilustrar são clichês. Ou são usadas por quem não tem o que dizer ou são usados por quem sabe que elas incomodam.
Enfim, essas expressões fazem parte da cultura do povo. Aprenda a conviver com elas! Imagine você tendo que dar aula de etiqueta para todo mundo que te fala algo desagradável... Algo que talvez seja desagradável só na sua cabeça (e não na do inocente).
Mas diálogo é para isso mesmo: concordar, discordar ou acrescentar.


Quanto a não dizer para as mulheres que elas ESTÃO bonitas, eu discordo de você, cara!rs Já vi duas ou três mulheres reclamando porque se produziram tanto, mas o cara não falou nada, como se a tivesse ignorado. Tenho uma amiga que está com o casamento em crise. Um dos motivos pelos quais ele merece a crítica dela é que, uma vez, ela cortou e fez algo novo do cabelo e o cara nem comentou. Isso a faz sentir que o cara não a admira mais.
Cara, as mulheres sofrem no salão e gastaram horrores com roupas. Fazem isso para impressionar. Imagine como elas ficam, se alguém finge que não há nada de diferente. Dizer que é linda não resolve muito. Elas querem saber se escolheu bem a roupa, se acertou no corte de cabelo, no perfume etc.
Pode usar o verbo ESTAR, sim. Só não o use para dizer: você ESTÁ grávida?
Isso é mico demais, cara!
Eu já passei por isso. Mas eu não usei o verbo estar, apenas apontei e disse: "nasce quando?"
A culpa foi dela, porque falou que voltaria grávida da lua de mel. E eu a vi 2 meses após o casamento. Isso já faz uns 8 anos e até hoje ela não tem filho.

Cleytonfernandes disse...

Concordo! Não podemos querer mudar as pessoas, a mudança tem que ser interna! Não escuto elogios, mas aceito, não escuto críticas, mas aceito... Não pretendo viver no meu mundo blindado das más línguas... Eu respondo a ela com trabalho... De fato você está certo em parte, mas num momento de fraqueza/estress ouvir palavras duras é terrível. Afinal ninguém é uma máquina programada para estar com força máxima o tempo todo, até as máquinas param, diminuem o ritmo. Rapaz esse mico da grávida nunca mais vou passar rsrs. Quanto ao verbo estar obviamente que a mulher que temos relacionamento devemos dizer q ela está linda todos os dias, e mais, dizer eu te amo, te desejo, você é a minha amada. Obviamente ela sabe q é linda, pois a grande maioria dos homens, me incluo, se interessa pelas mulheres pela beleza...isso num 1° momento pq a beleza n é tudo... Eu namoro com quem eu gosto e n com quem os meus amigos admiram, mas enfim... O que eu quis dizer é q para amigas,primas, conhecidas o melhor é dizer você está linda e corrigir, ou melhor, você sempre foi. Acho que o elogio vence qualquer barreira e as pessoas gostam de ser elogiadas...eu mesmo sempre elogio meus amigos,amigas,colegas etc. Eles gostam de ouvir e eu de elogiar hahahaha.... Mas enfim estávamos falando de telepatia e eu terminei com tia de pelé... num liga não.Concordo com você em partes e discordo em outras, mas respeito a sua opinião e agradeço o comentário. Abraço fica com Deus.

Brás disse...

Meus pais pensam como você, pois dizem que a melhor maneira de responder às más línguas é com o trabalho e sucesso.