Falta motivação ou equilíbrio?

moFalta motivação ou equilíbrio?


Você está cansado(a)? Não consegue manter o ritmo de estudo? Está desanimado? Já não tem a mesma confiança/esperança? Precisa de incentivo constantemente? Procura artigos motivacionais na web toda semana? Não consegue mais estudar como antes? Está desviando do estudo e caindo na tentação de assistir TV, ficar pensando na vida, baladas, conversas ao telefone, MSN, Facebook, Orkut?(aliás, não se pode mais distinguir o Face do Orkut um está copiando o outro rs) Desiste com facilidade quando o assunto é complexo?  Etc.

Você respondeu sim em pelo menos duas das perguntas acima? Você precisa mudar. Não quero mudar seu comportamento e não tenho condições para tal e muito menos sei a fórmula para sair desse ciclo vicioso. Hoje, dia da mentira, eu não poderia mentir e dizer que sei como fazer para escapar desses males rs.Mudando o rumo da prosa, você sabe o que é equilíbrio? Obviamente que sim. Dentre os inúmeros significados que encontrei no dicionário quero apresentar duas definições: “Equilíbrio instável, equilíbrio em que um corpo, afastado de sua posição, se põe em equilíbrio em uma posição diferente.”
 “Equilíbrio estável, equilíbrio em que tende a voltar à posição de equilíbrio o corpo levemente dela deslocado. Quais conclusões podem tirar? Um corpo pode está em equilíbrio mesmo deslocado da posição inicial ou pode estar em equilíbrio ao retornar à posição inicial. Acho que é isso, sei lá. Ah! Equilíbrio também pode ser: “Ponderação, calma, prudência: equilíbrio de espírito. Você está sendo prudente? Sereno? Está em Paz consigo mesmo? Só você pode responder essas perguntas e ponderar. Posso dar uma opinião? Se você precisa constantemente de palavras motivadoras para continuar estudando com afinco algo lhe falta. Se você não consegue manter um ritmo legal de estudos falta alguma coisa aí. É preciso ter equilíbrio psicológico para manter um ritmo legal de estudo, não adianta fingir que está estudando, pois você pode privar-se de tudo, renunciar tudo, não sair finais de semana, ficar distante dos amigos, dos romances e mesmo assim não obter um resultado significativo em concurso. Por que isso acontece? Cara, você está pagando um preço Alto, abdicou muita coisa, mas você não está dando importância a esse sacrifício; se você decidiu estudar, tem que estudar. mentir para você não adianta. Já que está pagando caro para estudar precisa dar o devido valor a sua decisão, precisa ser 100%. Estudar é igual mulher grávida, ou está ou não está, ou estudo ou não estudo. Não existe meio termo. Não pense que você sofre demais, que as suas dificuldades são maiores que as dos outros. Acredite, existem milhares de concurseiros que viajam 100 km todos os dias para assistir uma aula. Infelizmente, há concurseiros que nem acesso a internet têm. Não sofra com palavras duras, com piadas, com a cobrança da sociedade porque todos nós passamos por isso. Mantenha a calma o equilíbrio e não deixe nada para semana que vem, esqueça os costumes antigos e formule outros como estudar, praticar atividade física, acessar a internet com moderação, estar feliz consigo, respirar fundo e não sucumbir ao estresse ao desânimo... Tenha equilíbrio! saiba à hora do estudo, do descanso, do prazer. Faça mais e pense menos, execute mais e planeje menos, ouça mais e fale menos... Esteja a todo o vapor, não dê sopa para o azar, ou seja, embora você venha estudando há muito tempo, nessas horas em que você está parado, divagando, vem um concurseiro “azarão” correndo por fora e toma a sua vaga no speed final, então mantenha o compasso imagine que está numa maratona e muitos querem te alcançar. Não deseje ser o melhor dos piores queira ser o pior dos melhores, ou seja, não se orgulhe do quase, se orgulhe daquele concurso menos expressivo “escada” que você passou, daquela posição 399° que lhe rendeu uma vaga, estude para estar entre os aprovados, pois um quase não o ajudará em nada.Prometa que a partir deste exato momento você sairá da guarda e começará a golpear, sairá da indolência e terá determinação e raça para ir lá e "tomar de assalto" uma vaga da concorrência. Por fim, esqueçam o que eu disse, pois é tudo mentira ou não!   

 " Ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar." 

Que a Paz de Deus esteja convosco! 

6 comentários:

Anônimo disse...

Hello. And Bye.

Nayara Carvalho disse...

Lindo texto!!!Que Deus continue te dando palavras para ajudar pessoas que como nós estamos nessa dura caminhadaBbeijinhos.

Cleytonfernandes disse...

Olá Nayara,obrigado. Amém! Que Deus nos abençoe. Bjinhos.

Anônimo disse...

Cleyton, excelente texto!

CatiaPipoca disse...

Belíssimo texto, Cley.
Os quases, os vices, não nos cabem, apesar de alguns defenderem que o mundo é demasiadamente pequenos aqueles que sonham alto, ainda assim não nos pertence a derrota, o degrau abaixo do topo. Persistir sempre, degrau por degrau. Abraços

Cleytonfernandes disse...

Obrigado anônimo! Obrigado Cátia! é isso mesmo. Eu acredito que aquele que acha que sabe tudo não sabe nada e aquele que acha que não sabe nada está certo. Na vida existem os que vencem os que desistem ( os derrotados).Quem está lutando jamais será considerado um derrotado, derrotado é aquele que desiste ou que nem tenta por medo de perder. E a vitória é a persistência,coragem e, principalmente, a humildade de quem continua na luta. Um abraço de urso Linda do meu coração.