Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

Doce dúvida, amarga decisão.

Quem nunca se deparou com este problema comum na vida de um concurseiro? Seja ele experiente ou principiante, eis que ela sempre surge: a dúvida sobre para qual concurso se dedica. Eis que você escolhe o concurso A, existem indícios suficientes para que aquela seja a escolha certeira. Você já sabe que o concurso anterior venceu, isso induz você a crer na iminência de um novo edital e que o quanto antes você começar sua preparação, maiores chances terá.

Pesquisas mais aprofundadas indicam concorrência forte, por isso você usa de todos meios que permitam uma preparação bem sucedida. São cursinhos, livros novos, aulas on line, participa de grupos no yahoo, foruns, cria um cronograma e começa a jornada.

O problema é que por mais que sua boa vontade tenha criado um conjunto de ações positivas, o tempo, sim, o tempo, esse carrasco sempre nos surpreende. Nunca segue a ordem natural para seus acontecimentos. Pela lógica edital vencido primeiro deveria ser o primeiro preparar novo certame, estou certo? Entretanto não é bem assim. E foi em mais um dia de busca atualizadas de informações sobre TRE nos fóruns e jornais de concursos que, encontrei a noticia da aprovação das 119 vagas para MP/SP, doce notícia que pouco tempo depois amargou muitos em dúvidas. Veja bem o motivo da minha surpresa, na capital o edital de Oficial de Promotoria havia vencido em dezembro e interior venceria em maio ou junho, salvo engano. Não fiz uma pesquisa aprofundada sobre vencimento do último edital, mas pelo que apurei preliminarmente antes de escolher TRE, portanto, há bastante tempo, seria mesmo essa data e eu já pensava como uma segunda opção, caso não obtivesse aprovação dentro das vagas no TRE.

O conflito

Já existe comissão para o concurso formada e espera-se que em breve seja anunciada a banca examinadora do certame, tudo isso publicado no DOE do dia 13/04. Mas poxa é uma ótima oportunidade e tanto esse Oficial de Promotoria, salários beirando os R$3.500,00, o que é quase o mesmo salário de um técnico do TRE R$ 4096,00, e para mim que irei prestar apenas técnico surgiu a grande dúvida: prestar também MP/SP ou não, eis a questão.

Lembro de um velho ditado: antes um na mão do que dois voando! Mas qual segurar? Minha dúvida continua e agora? Tenho minha opinião, levei certo tempo para formá-la, aliás, é bem recente a decisão de tentar concilia os dois editais, com foco principal no TRE. Mas como é isso estudar para dois com foco em um?
Veja bem, no meu caso, vou continuar estudando para TRE como já vinha estudando, não posso desprezar todo tempo dedicado, e também não posso parar totalmente para focar no MP seria perder duas vezes. Porquanto um eu já estou mais que meio caminho andado e no outro estarei começando. Embora arriscando resolvi estudar assim.








Ênfase em matérias comuns como português que teve 40 questões no último concurso, metade da prova. Na parte de direito como foram poucas questões o conteúdo também foi bastante reduzido, para quem já está adiantado no direito para TRE acrescentar mais essas não irá fazer pesar tanto. E matemática você pode mesclar entre um ou outro intervalo ir resolvendo questões, eu farei assim. Vou estudar informática baseado no estilo VUNESP de perguntar que cobra muito menus, outra matéria comum e acredito nos benefícios de estudar assim.

Mas eu comecei estudar para o TRE há um mês ou menos e não queria perder essa oportunidade, o que faço?
Eu, desaconselho qualquer tentativa de conciliação pelos motivos já mencionados. Matéria extensa do TRE, edital iminente, dizem que em Julho, então você tem menos de dois meses para estar afiado nas matérias e depois mais uns dois meses para estar pronto. Por outro lado embora MP demonstre chances maiores, tem muitas vagas, chamam bastante, Capital esgota a lista, não significa prova mais fácil, não se pode desprezar os últimos resultados, no caso do interior, no concurso passado, pode-se verificar em um gráfico disponibilizado pela VUNESP uma nota de corte bastante elevada. Você precisa ter consciência de que sua nota terá que ser no mínimo maior que 86 para você ir à 2ªfase.


Copie e cole o link no navegador: http://www.vunesp.com.br/concursos/mpsp0603/nota%20de%20cortempsp0603.pdf

E ai qual será sua escolha? Existem muitos motivos, hoje conversava com uma amiga e ela persegue sua aprovação no Banco do Brasil, mencionou algo interessante que vou guardar, mais que salário ela pensa em fazer algo que te dê prazer e falou que "adoraria trabalhar naquilo" jeito meio estranho de definir seu futuro lugar de trabalho, mas vi que seu tom era apaixonado pela futura profissão...rsrs. Fiquei encantado com sua determinação, no seu último concurso prestado viajou mais de 65 horas para tentar uma vaga e chegou bem perto. Enfrentou uma dura batalha de resistência, embora a decepção de ter viajado tanto e batido na trave, não desistiu, continua estudando firme para os próximos na mesma área. Vejo que dedicação, persistência, foco e amor, principalmente, podem ser fatores determinantes na sua escolha.






Então você quer um cargo, seja ele qual for, ou se já é apaixonado por determinada carreira fica notória a escolha, se assim for, não tenha dúvidas nem medo, siga aquela pela qual você se apaixonou. Isso vai te dar forças suficientes para, independente do desafio de começar tarde ou de enfrentar forte concorrência, estudar até o fim para aprovação em SP ou qualquer outro estado. Caso a dúvida permaneça, porque você quer ser aprovado, independente do cargo, seja racional, pense em tudo e na necessidade de ter rendimento acima de 90% em qualquer um dos dois certames, infeliz realidade, mas você precisará colocar tudo na balança e ver o qual deles sua chance é maior. Não tem como eu dar uma lista de possibilidades e soluções e pedir para vocês seguirem. Cada um tem uma realidade de vida, tempo, motivação, uns aprendem com mais facilidade matemática outros tem mais dificuldades e o tempo urge, você precisa refletir sobre cada ponto positivo e negativo seu e fazer a escolha.






Deixo um video do nosso ilustre Ayrton Senna, que sirva de ferramenta para auxiliá-lo nesta escolha. E bons estudos!






Abraços !!!




3 comentários:

CatiaPipoca disse...

Francis, resumo: MAGNÍFICO!!
Parece que andou sondando a minha alma porque era justamente sobre esse assunto que debatia com o Claudio ontem. A msm nuvenzinha negra que paira sobre os seus pensamentos tem se alojado nos meus.
De tantos textos sublimes, seus, que já li, esse foi perfeito.
Dúvidas...dúvidas e medo...MEDO de cometar o mesmo erro que fiz com o MPU e o TJ....insegurança....
.
Façamos assim, proponho, vms aproveitar a páscoa e deixar nas mãos de Deus. Observar os sinais e tentar entender a voz dele. Nessas hrs devemos abrir os ouvidos espirituais.
-
Semana que vem decidiremos o que fazer....fica em standy by...
.
Boa páscoa querido

iaracris disse...

Oi, Francis!
Gostei bastante do artigo. Muito bem colocado... Beijos.

Vinny disse...

Obrigado,Cátia e Iara, vamos ver como as coisas se desenrolam por estes dias. Espero que o resultado seja satisfatório.

Deus nos abencoe..

Beijos