CSJT APROVA PROJETO DE CRIAÇÃO DE CARGOS EM T.I. DO TRT6

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) aprovou, na tarde da sexta-feira, dia 1º, o projeto de ampliação do quadro de Tecnologia da Informação do TRT da 6ª Região, que prevê a criação de 57 cargos efetivos de Analista Judiciário Especialidade T.I. O presidente do Tribunal do Trabalho pernambucano, desembargador André Genn, acompanhou, em Brasília, a tramitação do projeto, ao lado da desembargadora-corregedora, Gisane Araújo, do diretor geral, Wlademir Rolim, e do diretor da Secretaria de Informática do Tribunal, Adriano Pinheiro.





O grupo apresentou a todos os membros do Conselho um memorial com as razões técnicas da necessidade de criação dos cargos, especialmente a adequação à Resolução 90 do CNJ, que determina um quantitativo mínimo de 75 pessoas na força de trabalho na área de Tecnologia da Informação. O TRT6 hoje dispõe de apenas 19 técnicos. “Trata-se de um projeto de fundamental importância para a reestruturação de toda a área de informática do Tribunal e para a preparação do processo eletrônico”, declarou o desembargador André Genn. O projeto agora será votado pelo Órgão Especial do Tribunal Superior do Trabalho (TST), antes de seguir para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e para o Congresso Nacional.

Fonte:http://www.trt6.gov.br/portal/content/imprensa/noticias/2011/03_mar/projeto

Nenhum comentário: