Por Cleyton - DESABAFO - -Preciso segurar essa onda...


Preciso segurar essa onda que quer me afogar.

Você sente pressão da sociedade? Da família? Dos amigos? Dos invejosos? Dos colegas? Da namorada(o)? Do marido(a) ops! esposa rs ? Seja bem vindo ao clube. Eu não sou santo, nunca fui nunca serei, pois a minha qualidade de humano impede que eu seja desprovido de pecados. Eu antigamente gostava de coisas que hoje não fazem mais sentido, saia muito, todos os finais de semana (de sexta a domingo? "era cum nóis" rs) e quando não tinha nada na minha cidade ia para as cidades vizinhas “tumar cachaça” (cerveja faz mal galera? Só quando falta! Rs) com os amigos, namorar e falar da vida dos outros. Jogava bola todos os dias das 18:00 às 19:30, era sagrado o futebol. Eu não era nenhum vagabundo, estudava (muito) e fazia estágio remunerado, enfim levava uma vida normal, eu acho.
Daí eu conheci o mundo dos concursos e fiquei maravilhado com os benefícios que possivelmente viriam. Só não sabia que o preço para alcançar o sucesso era tão oneroso, mas decidi que iria pagar esse preço, então de forma abrupta cortei todos os excessos de uma só vez. Namorada? Terminei; Amigos? Eu deixei de lado; Colegas? Estão distante;Os prazeres da vida?Renuncie. Eu estava decido a prosseguir desta forma até o fim, mas fui amadurecendo e equilibrando os pesos na balança, resgatei alguns prazeres rs, ninguém é de ferro! Aproximei-me dos amigos verdadeiros etc.Não vou entrar em detalhes rs. Porém depois de várias notícias sobre suspensão, adiamentos de concursos eu fiquei com “uma arma apontada para a cabeça”. Pseudo-amigos que assistiram o JN, os jornais em geral e ligaram para fazer pressão para eu abandonar os estudos,insistiram para eu ir a festas, voltar jogar futebol etc. Enfim me deu um nó na cabeça, falei pra mim: Agora FU#&*. O que eu faço?Sigo adiante com os meus objetivos ou volto a ser como antes? Eu percebi que não sou mais o mesmo, as piadas que antes me faziam rir hoje me fazem mal, as mulheres com quem me envolvi hoje não têm a mesma beleza, quando digo beleza eu digo com a alma. Os amigos que antes considerava hoje são apenas lembranças, uns acreditam em mim, outros acham que estou louco, fazem piada. Não me sinto bem em ambientes que antes freqüentava (cabarés) rsrs brincando! Eu não me sinto bem em festas que antigamente frequentava, percebi que são lugares cheios de pessoas vazias,não que eu não goste e nem pretenda ir a festas, mas convenhamos que é difícil encontrar um(a) baladeiro(a) que leve a vida a sério, que pense a longo prazo. Podem achar que fiquei careta (eu acho que envelheci uns 50 anos) não quero mais saber de futebol, quem está namorando quem, quem brigou com quem, quem saiu do armário rs, quem pagou mico, quem tomou um porre, eu não quero mais saber disso. Quero viver a minha vida, não quero mais saber da vida dos outros. O fato é que me sinto um patinho feio no meio da minha galera, são pessoas boas, mas que vivem de uma forma diferente do que eu desejo pra mim; elas não pensam que o amanhã é consequência do hoje, curtem a vida porque ela é curta; eu gostava disso, mas eu pretendo trabalhar (estudar) hoje para ter um futuro melhor, para poder mimar a minha mulher e os meus filhos todos os dias e não viver estressado por conta de emprego ruim e patrão mal humorado. Ouvir uma música do Lulu Santos/Nelson Motta e fiquei mais tranqüilo. A música é essa: como uma onda no mar.

“Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará
A vida vem em ondas
Como
um mar
Num indo e vindo infinito
Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo
Não adianta fugir
Nem mentir
Pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre
Como uma onda no mar (...)”

Quero que você meu amigo(a) siga o seu coração e os seus planos, afinal se você seguir o seu coração e as coisas não saírem como o planejado você irá sofrer,é verdade, mas imagine se você fizer a vontade dos outros e as coisas derem errado você irá sofrer ao quadrado por ter ouvido conselhos e se ferrado. Conselhos só te levarão a lugares onde outros já foram por isso não escute os meus conselhos, siga o seu coração.
Peço a vocês que me incentivem a continuar a não ser que vocês não queiram mais a minha presença, não respondam, por favor! rsrs .Gostaria que as pessoas que quiserem desabafar e que o seu desabafo seja postado aqui enviem um email. Um beijo no coração. Fiquem com Deus.
"Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fiéis a nós mesmos."(Friedrich Nietzsche)


Estou com muita vergonha por não ser forte o bastante para seguir sem olhar para trás ou para os lados, preciso ser fiel a mim, acreditar em mim. Preciso tomar vergonha na cara e seguir em frente, executar tudo o que planejei e parar de ouvir conselhos de pessoas que não estão no mesmo lado que eu, enfim, preciso ter a liberdade de ser eu mesmo, sem me importar com o que as pessoas acham de mim.

"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza. Então, são lágrimas suaves, de uma tristeza legítima a qual temos direito. Elas correm devagar e quando passam pelos lábios sente-se aquele gosto salgado, límpido, produto de nossa dor mais profunda."
In: A Descoberta do Mundo
Clarice Lispector


4 comentários:

CatiaPipoca disse...

Cley, amei! Vi minhas histórias e de todos Concurseiros que realmente tem se dedicado aos estudos. A seu relato é o nosso tb.
Seja bem vindo ao nosso mundo.
Concurseiro de verdade se sente assim, não tem jeito, faz parte.
Quem não sente, é por não ter entrado com afinco nos estudos.
-
E vms estudar.
2011, promete.

Cleytonfernandes disse...

Obrigado Cátia é isso aí vamos estudar! =)

Vinny disse...

Muito bom Cleyton...

Forças nos estudos, nunca é fácil, quem falou que seria não é mesmo? Temos que ir vencendo diariamente, investindo em nossa vida. O que vai ser do amanhã? Deixa pra quando chegar amanhã não é mesmo? O que importa na verdade é o que virá depois. Se hoje eu estudo, o amanhã pode ser melhor. Se hoje eu aproveito minha vida e esqueço de me dedicar, o futuro pode ser doloroso. O que importa é permanecer firme na rotina.


Vamos conseguir!!!

Abraços

Cleytonfernandes disse...

Com Fé em Deus! Abraços.