Por Ninha: A gente quer respirar pelo nariz II

Re-lendo o teste do livro, lembrei:

As pessoas são parecidas e diferentes.
A maior parte gosta de si mais que dos outros.
A maior parte quer ser escutada.
E cada uma delas é um universo de coisa próprias.
Diferentes de todas as outras.
E é muito comum, muito mesmo, que se ponham a me contar detalhes sobre suas vidas, sentimentos, histórias, pouco tempo depois de me conhecer.

Isto se passa com jovens e velhos; com motoristas e faxineiras; com homens e mulheres; com padres e putas; com ingleses e mexicanos; com gays e racistas; enfim. Sem critério.
Mesmo eu sendo assustadoramente sincera. Mesmo eu tendo fama de brava e grossa. Mesmo não sendo condescendente.
Elas me contam suas coisas. E eu dou um monte de palpites e traço um monte de alternativas. Com esta mania de achar solução, de criar mapas de rotas de escape.
E nunca comento com ninguém seus segredos, embora seja faladeira a beça. Mesmo quando detesto aquela pessoa.
Eu gosto de gente. Assim mesmo, no sentido genérico da palavra.
Tem quem goste de máquinas, de construções, de carros, de florestas, de mar.
Eu gosto de gente. De entender gente.
Por isso, acho, falam comigo assim.
Uma vez, um inglês me disse: “Ana, se você se sentar ao lado de uma cadeira, começará a conversar. E, pior, a cadeira vai responder!”.
E eu respondi: “Não, Paul, isto não poderia acontecer com uma cadeira. Mas poderia acontecer com um mudo!”
Eu gosto de gente...


Li em algum lugar certa vez:

Eu gosto de gente grande, gente larga, gente espaçosa - por dentro -gente com varanda, cobertura, pátio e vista, gente ampla, gente latifúndia - produtiva ou não -, gente crescida e crescente, gente expandida, expansiva, gente onde cabe gente dentro, gente em que a gente pode se hospedar, pode morar, deitar e rolar.



GENTE AONDE HÁ VAGAS !"

E completando:

Gosto de gente que se joga, vive e se permite.
Que ao ir embora, só leve o que temos de bom e nos ajude a findar o ruim.
Gente que chora e ri. Que ama e odeia, talvez na mesma proporção.
Que não acredite no destino, mas que o faça acontecer!

13 comentários:

CatiaPipoca disse...

Clap! Clap! Tá aí um texto que adorei. Minha cara....gostei muito Ana.
-
-
Apesar de apenas poucos, amigos, conhecerem realmente a minha personalidade, porque acho que alguns conselhos e opiniões devem ser dados aos amigos verdadeiros. Jogar pérolas aos porcos nunca fez parte da minha persona, fiz meu próprio mundo, e nele, entra apenas quem eu quero. rsrsrs
A LEI DA SELETIVIDADE reina plena e linda na minha vida. rsrsrs
-
-
Sei ser Leoa devoradora e ao mesmo tempo uma FADA sensível. SOU MULHER! E viva nós. rs
.
.
Cada um tem de mim o que merece. rs
-
-
Ou amo demais ou odeio, meio termo, no meu coração não funciona, talvez democraticamente no meio do SOCIAL, me permito ser, e mesmo assim, traço uma linha enorme(limite), talvez seja por isso que muitos não consiga me decifrar de verdade.
-
-
Risos....o verdadeiro PONTO DE INTERROGAÇÃO.
-
-
Bjosssss.....

CatiaPipoca disse...

que muitos não consigaM me decifrar de verdade.

Cleytonfernandes disse...

Essas que se fazem de "durona" na verdade são muito sentimental. A Ni e a Cátia são "manteiga derretida", eu aposto, confessem rs.A a Ninha apesar de ter esse jeito, tem resposta pra tudo, às vezes fala o que você n quer ouvir"descolada",é a mais sentimental eu aposto!Mas enfim eu não compreendo as mulheres parafraseando Marcelo mourão.

MULHERES
MARCELO MOURÃO

Não compreendo as mulheres
Muitas vezes falam um idioma interno só delas
Muitas vezes falam,gesticulam ou demonstram
justamente o contrário daquilo que querem
muitas vezes nos testam,nos cercam
em perguntas que parecem desinteressadas
em horas em que se fingem desligadas
Não compreendo as mulheres
Em seus dias mais difíceis
Em seus desejos de serem mimadas
Em seus ouvidos contrários a críticas
Mas escancarados a elogios e belas palavras
Não compreendo as mulheres
que juram só querer carinhos
mas que se apaixonam pelos canalhas
que sonham com um príncipe bonzinho
mas que se atraem pelo mau caráter
que amam flores,presentes,ursinhos
mas que amam mais ao serem pisadas.
Não compreendo as mulheres
Sejam as solteiras ou as casadas
as tímidas,as assanhadas
as grudentas,as descoladas
as maduras ou as recém-desmamadas
Não compreendo as mulheres
Mas com isso nem fico mais intrigado
Se nem Freud as entendeu,quem sou eu pra decifrá-las ?
Fica então decidido:
Mulheres não querem ser compreendidas,
Mulheres querem ser amadas.

Vocês poderiam ser mais fáceis de compreender. Parecem dia de sol e chuva, imprevisível,mas enfim o Marcelo Mourão está certo Mulheres não querem ser compreendidas,
Mulheres querem ser amadas.

Ah! vocês ouvem tantos desabafos poderia me dar umas dicas xD hehehehehee. :D

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Anônimo disse...

Cátia, fantásitico!
Amei este texto.

Bjos
Raquel Paixão

Cris Crica disse...

Aiiinn Cley, pior que eu choro até em comercial de sabão em pó kkkk....Mas não conta pra ninguém..xiiiiuuu
Se fircarmos fáceis de entender, perde a graça...e vamo combinar..vcs são mto mais complicados kkkk
.
.
Pop, SELETIVIDADE é a alma do negócio!!! kkkkk

Ana Crônica disse...

kkk...Cley, pior q eu choro até em comercial de sabão em pó kkk.Mas não conta pra ninguém xxxiuuuuuu
Se for facil de entender, perde a graça kkk e vamo combinar q vcs homens são mto mais complicados rs....
.
.
Pop....SELETIVIDADE é a alma do negócio kkkkkk

CatiaPipoca disse...

Cley, não sou durona, na verdade eu me dôo 100% as pessoas que se rendem tb, e assim vou indo conforme o percentual de cd um cmg. Dou de mim o que a outra parte merece. Se vejo que não bate, me afasto...rs..a não ser daqueles que me consideram como amiga de verdade e vice-versa, aí tenho liberdade de puxar a orelha e tb a humildade de saber receber os puxões tb. Mas olha, coisa mais difícil que tem é eu atacar alguém de graça. Sou assim, bateu, levou, agradou, agrado tb...srsrrsrs
-
E Viva nós...rsrsrs

CatiaPipoca disse...

Ninha, e pensar que tem gente que ainda acha que não sou apimentanda e que não falo o que penso...kkkkkkkkk
Que digam os meus amigos...sofrem viuuu!rsrsrs
Tenho convicções fortes...vc do seu jeito, mas não tão menos chorona e eu do meu, mas não tão menos sarcástica...hahahah
.
mexe pra ver...rsrsrs

CatiaPipoca disse...

Oi Raquel, o belo texto é da Ana, e não meu...risos
Agradecemos msm assim...bjos

CatiaPipoca disse...

Cris Crica, a Ninha que me chama de POP...rsrsrsrs
Vc é a Ninha...???rsrsrs
Fiquei confusa, vcs me deixam num nó...rs

Cleytonfernandes disse...

Ninha e ou Cris cica: Num falei que você era chorona srsrsr eu sabia haha, pode deixar! rs Verdade, mas não somos complicados não! xD

Cátia: Eu não acho que você seja durona não, você nunca foi brava comigo nem me deu nenhum puxão de orelha, se bem que eu nunca dei motivos né? rsrs ou dei? :( enfim não quero estar lá quando isso acontecer rsrsrs bjos!

Ana Crônica disse...

Qdo eu to logada no orkut, sai Cris rs....esqueço de fazer o login do blog kkkk Q sou a Ninha rs...Afff sou multifacetada e ponto.

Que bom q gostaram, assim da prazer em escrever...rs...... Me faz gostar mais ainda de gente rs...