Por Ninha: Aprenda a lição: Não misture traz ou trás

Bom dia povos....hoje acordei terrível rs
Fui correr, tomei um café super lindo com pão e requeijão (adooooro) e me preparando pra ir trabalhar, entrei no Facebook e vi um daqueles aplicativos legais que tem por lá..O meu preferido e´ Trilha sonora do dia rs...Tá, bem bobinho rs, mas sou movida a música e sempre tem uma sugestão legal de música. Hoje foi dia de Maria Rita (Muito pouco)....e o trecho dizia: "esqueça as horas nunca andam para trás, todo dia é dia de aprender um pouco do muito que a vida trás"
Pois é, escrito errado e quase morri kkkk....Internet e´uma maravilha (óoohh nós aqui pra provar), mas temos que tomar muito cuidado, porque contém erros e nós que precisamos estar afiados com o português nosso de cada dia, é crucial ficarmos atentos. Então fica a dica:

NÃO CONFUNDA TRÁS COM TRAZ
Vamos para “traz”? Jamais!

TRÁS: preposição e advébio (atrás, detrás, em seguida, após)
 Advérbio de lugar. Há sempre uma preposição antes dele.

A preposição trás não é mais empregada isoladamente na língua portuguesa falada e escrita no Brasil hoje. Aparece quase sempre junto com outras palavras, formando a locução por trás de.

Exemplo: Pressenti alguma intenção oculta por trás de suas palavras.

A palavra trás é bastante empregada como advérbio de lugar.

Exemplo: Estamos andando para trás.

Quer mais?
Veja mais exemplos:

Não deixe nada para trás.
Ela chegou por trás da casa.
Passe por trás da árvore.


TRAZ: verbo trazer - conduzir ou transportar para cá, causar, ocasionar, oferecer, atrair.
 Conjugação do verbo trazer (que também é escrito com zê) no presente para a terceira pessoa do singular.

Exemplo: Oh! que saudades que tenho das coisas que o tempo não traz mais!

Mais exemplos:
Ele traz as crianças todos os dias a esse parque.
Ela traz o carro para você.
Com a chuva, a enchente traz doenças para a população.


ATRÁS: advérbio de lugar - Não há preposição antes, pois esse advérbio já a tem.
Exemplos: Não fique atrás de mim.
Deixe tudo atrás da porta.
Ele estacionou atrás do seu carro.


DETRÁS: advérbio - significa na parte posterior ou oposta à principal; por detrás, por trás (em oposição "pela frente").
DETRÁS: adjetivo - significa traseiro, posterior, que fica na parte posterior ou oposto à principal.
Exemplos: Detrás daquela casa há um maravilhoso riacho.
“Detrás daquele morro passa boi, passa boiada”.

+Exemplos: Detrás-Adjetivo: sentar-se no banco detrás, vir no carro detrás, bateu na parte detrás do carro.

O advérbio detrás também expressa “lugar onde”; é sinônimo de atrás. A expressão de trás expressa “lugar de onde”; essa preposição “DE” é exigida por um grupo expressivo de verbos de movimento.

• Veja nos exemplos:

Ele se escondeu detrás da pedra. (onde)
Ele veio de trás da pedra. (de onde)
Tirou o violão de trás do armário. (de onde)


• Ainda da há as expressões:
De detrás: Ele saiu de detrás da fila.
Detrás de: Ficar detrás de alguém.
Dizer mal de alguém por detrás.
Por detrás: Vá por aí, que eu vou por detrás.
Por detrás de: Vá por aí, que eu vou por detrás da casa. Ele chegou por detrás de mim. Via-se muita gente por detrás de meu amigo.


DE TRÁS: Locução adverbial e equivalente a "de longe".
 Exemplo: Essa rixa não é nova, já vem de trás.´

DE TRÁS: Expressão preposicionada que completa um nome ou um verbo.
 Exemplos: Ele veio de trás.
Sua vinda de trás.


Bom dia, iluminado e muito produtivo!!!

Nenhum comentário: