Por Catia: DESCUBRA QUEM É SEU VERDADEIRO INIMIGO: PASSO 1



Já indagamos incansavelmente ao questionar ou reclamar de todas agruras que enfrentamos até aqui.
E nos deparamos, sempre na mesma rua sem saída, sempre com aquela sensação de que no fundo não é bem isso, de que deve haver um algo mais por trás de todo questionamento, por trás de todo belo texto, toda teoria, todas pensações, tantos devaneios, sufoco infinito, vontade de gritar, e simplesmente nos calamos, fitamos o nada e divagamos...questionamos...nos frustramos, e aquela sensação de vazio não nos deixa, impregna na alma e travamos.

Ficamos buscando os culpados, reclamando em tópicos sobre politicagem, reclamando da falta de tempo, reclamando de tantas possibilidades que nos custam caro, sacrifícios! E deixamos de agir!

Hoje estava no curso, logo de manhã, e passei muito mal, no caso algo relacionado a minha pressão, uma queda brusca. Sabe quando você acorda e pressente que o dia não será legal?
Geralmente sou muito atenta nas aulas, quero absorver tudo, anoto tudo. Conclusão, não rendi nem 60% do que tem sido nas demais ocasiões. O fato é, que ao me sentir mal, sai da sala de aula com aquela imensa vontade de cair fora e vir embora para casa e deitar. Tudo indicava o caos, senti tijolos de concreto nas costas. A primeira reação foi pegar um copo de café e meter açúcar, a verdade é que o que o corpo queria divergia do que a alma necessitava e sabia que dava para eu ir além. E assim fui lutando para me manter atenta a aula.
Após o intervalo, ainda não estava legal, estava no limite e de saco cheio comigo mesma. Um saco ficar levantando o tempo todo no meio da aula.
UM SACO MESMO, ACREDITEM!

Se tem algo que não há remédio, e sei, irremediável está. Será mesmo?

E lá fui eu novamente, só que desta vez ao invés de lotar açúcar e café em um copo, resolvi ir ao banheiro. O que ia fazer lá é o "X" da questão. O quê? Mesmo assim fui zonza, mas fui. Cheguei a mencionar algo por cima a Gabi( uma amiga e atendente do Curso), que não estava me sentindo bem.
No Curso, assim que entramos no banheiro deparamos com um espelho enorme, e já que não tinha nada no quesito fisiológico para fazer no famoso "miquitório", abri a torneira da pia e fiquei me olhando.

Pensamentos:

Olheiras enormes hein Dona Catita!!
Menina, precisa pintar a raiz do seu cabelo, credo.
Precisa perder uns dois kilos, gordinha!
Não lembrei de me dizer nenhuma palavra de motivação e ânimo. Como se ficar se auto-flagelando fosse ajudar.
E Pensei: Não é fácil, tantos transtornos para estar aqui, e agora que estou, perdendo minutos preciosos de aulas.

Querem saber no final das contas? Ainda estava passando mal, só que nem sequer me lembrei disso naquele momento. O que estranhei logo em seguida.

Eu estava me derrubando, desmotivando, criticando, subestimando a minha força, e pior, me olhando nos olhos.

Pensei em quantas vezes boicotamos a nós mesmos, e passa desapercebido quase sempre.
Aposto com vocês que este inimigo mata muito mais nossas expectativas, todos dias, aos poucos, e nem nos damos conta. Muito pior que aquela Tia ou Vizinha sem noção que fica te cutucando com aquela vozinha dos INFERNOS: "Não passou ainda? Noooooooooooooooossa". Não meus amados, pior é você mesmo se detonando silenciosamente, Por que a TIONA insuportável é simples: Oferece um bolo de chocolate com muito laxante, mas daqueles que dê diarréia cerebral, que resolve o problema. (BRINCADEIRINHA). rsrsr


Conclusão, sem me estender muito, notei que estar passando mal(o que nem era tão mal assim perto de tantas outras dores e sensações muito piores que todos já passamos ou ainda enfrentaremos) é que estava lutando comigo. Piorando a situação, deixando ela maior desnecessariamente.

E é aí que reforço ainda mais o que venho dizendo em textos ou desabafos anteriores.

Quer saber quem é o seu pior inimigo?

Basta se olhar no espelho.

E o que fiz? Dei uns tapinhas na cara e voltei, ainda que estivesse de fato com a pressão baixa, continuei até o final da aula. E o melhor é que ao voltar para casa, antes mesmo do término estava me sentindo muito bem.

Valeu a pena pagar para ver até aonde eu conseguiria chegar. Pelo menos hoje porque sei que virão dias piores, mas de uma coisa temos plena convicção, é que estaremos preparados, e se não, enfrentaremos com garra e coragem até o final.

O que inspirou esse meu desabafo foi um video que o Élcio deixou no mural.

"SUPERE-SE".

Amados, e é assim que deve ser. Lutar dia após dia contra nossas piores fraquezas. Não adianta tentar abafar ou camuflar tentando desviar o foco da atenção reclamando dos outros. RESOLVA-SE por dentro em primeiro lugar, cure-se antes e vá á luta!
SIMPLES ASSIM o primeiro PASSO. Afinal de contas, o que não tem remédio, remediado não pode ficar. SUPERE-SE sempre.


"VAI MAIS LONGE QUEM TEM UM PROPÓSITO E SE PREPARA PARA O IMPOSSÍVEL".


5 comentários:

Anônimo disse...

Diante do espelho nos deparamos com a vida ...
Nossas maiores dificuldades não são impostas pelos outros mas por nós mesmos, pelo medo do desconhecido, por não sabermos quais são nossos potenciais ainda não trabalhados, o quanto temos de humano em nós ...
O desconhecido nos limita simplesmente por não sabermos o que temos que ter de conhecimento ou como utilizá-lo ...
Somos limitados por não conhecermos a nós mesmos ...
Somos ilimitados em possibilidades, tenham certeza ...
.
.
.
(¤_¤)

Anônimo disse...

Oi Catia,
Perfeitos o tecto e o vídeo.
Oncrível como não percebemos mas é isso mesmo que acontece, nós mesmos nos colocamos pra baixo e não percebemos a força que temos até que sejamos testados e obrigados a usa-la.

Há e uma dica, o bom para pressão baixa é sal e não açucar. Eu tenho tantas quedas de pressão assim que já ando com sal na bolsa.

Boa sorte nessa empreitada concurseira( sei bem como é isso).

Abraços
Danielle
@danilevys no twitter

Anônimo disse...

Vídeo ...
Antes de sair em busca de seu objetivo e atravessar os obstáculos o rapaz parece olhar um espelho, parece que olha como se fosse o único a tê-lo ...
no texto lê-se: ... concentre-se, confie e enfrente ...
Tudo indica que ele se deu conta de algo ... e então parte na direção oposta ao do "espelho" ...
no caminho surge a moça que também está a enfrentar os mesmos obstáculos ... e o texto diz: "vá além ... então prepare-se ... demonstre confiança" ...
Talvez o primeiro passo para ele foi ver seu pensamento ("Estou sozinho") e não ter dado crédito ao mesmo ...
Talvez ao perceber que outras pessoas poderiam estar passando pelos mesmos obstáculos foi que ele parou, olhou para a moça e finalmente pode demonstrar confiança ...
é apenas uma interpretação ...
.
.
.
(°_°)

Iara Cristina disse...

Eis o grande desafio do ser humano... Olhar para dentro de si mesmo e perceber a força que se tem. Parabéns, amiga pela vitória de hoje. Continuemos assim "matando um leão por dia".
Beijão carinhoso!!!

Anônimo disse...

Reescrevendo...
Vídeo ...
Antes de sair em busca de seu objetivo e atravessar os obstáculos o rapaz, enquanto se olha num espelho, parece estar refletindo ...
temos a sensação de que ele olha para um problema como se ele fosse o único a tê-lo ...
no texto lê-se: ... concentre-se, confie e enfrente ...
Tudo indica que ele se deu conta de algo ... e então parte na direção oposta ao do "espelho" ...
o problema ficou pra trás
no caminho surge a moça que também está a enfrentar os mesmos obstáculos ... o texto diz: "vá além ... então prepare-se ... demonstre confiança" ...
Talvez o primeiro passo para ele foi ver seu pensamento ("Estou sozinho") e não ter dado crédito ao mesmo ...
Talvez ao perceber que outras pessoas poderiam estar passando pelos mesmos obstáculos foi que ele parou, olhou para a moça e finalmente pode demonstrar confiança ...
é apenas uma interpretação (reescrita) ...
.
.
.
(°_°)