Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

TRE-SP: em março deve ser confirmada o número de vagas ofertadas para técnicos e analistas

Olá concurseiros. Segundo o chefe da seção de gestão de desempenho do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, Fernando de Aguiar, a definição do número de vagas para o concurso de técnicos e analistas deve ocorrer em março. Ele explica que atualmente o órgão está realizando um concurso interno de remoção, considerado necessário antes da realização do concurso. "De acordo com os resultados e a realocação dos servidores poderemos efetivamente fazer o levantamento das vagas que permanecerão em aberto para poder fechar a oferta destinada para o concurso público", explica.
De acordo com ele, a expectativa é de que o concurso interno seja encerrado até o final de fevereiro. De qualquer forma, Aguiar ratifica que o concurso contará efetivamente com vagas para as três principais carreiras do órgão, que são o técnico judiciário na área administrativa, analista judiciário na área administrativa e analista judiciário na áreajudiciária. Os salários iniciais são de R$4.052,96 para técnicos e R$6.611,39 para analistas. Os servidores também receberão auxílio alimentação de R$621,28, que eleva os vencimentos, respectivamente, para R$4.674,24 e R$7.232,67, ambos com jornada de trabalho de 40 horas semanais. O órgão oferece, ainda, auxílio transporte e assistência médica. Para concorrer a técnico judiciário na área administrativa é necessário possuir ensino médio. Para analista judiciário na área administrativa, nível superior em qualquer área de formação e para analista judiciário na área judiciária, curso de nível superior em Direito.
Aguiar confirma que também haverá mais algumas vagas, para áreas de atuação específicas, que deverão ser confirmadas após o término do concurso de remoção. Ele também adianta que a comissão já está formada e deve realizar em breve as primeiras reuniões para definir as condições do concurso, para que o edital possa ser efetivamente publicado até junho.
Enquanto o edital não é publicado, muitos interessados já estão se preparando, tendo como base o programa do concurso anterior, realizado em 2006. Na ocasião, foram registrados 99.110 inscritos, considerando os cargos de analista e técnico, que contaram com editais separados, inicialmente para analistas e posteriormente para técnicos. Na ocasião, a organizadora foi a Fundação Carlos Chagas.
Para técnico na área administrativa, a prova objetiva foi composta de 80 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos, com peso um e 30 de Conhecimentos Específicos, com peso três.Em Conhecimentos Básicos foram 38 de Português, dez de noções de Informática e duas de noções de arquivologia. Em Conhecimentos Específicos, seis de noções de Direito Constitucional, oito de Eleitoral, seis de Administrativo, oito de normas aplicáveis aos servidores públicos federais e duas sobre regimento interno do TRE. Para os analistas foram 60 questões objetivas, além de prova discursiva, com duas questões. Na parte objetiva foram 20 de Conhecimentos Básicos, com peso um e 40 de Conhecimentos Específicos, com peso três. A parte discursiva contou com peso dois
-

Nenhum comentário: