Por Catia: OS RECLAMÕES DE PLANTÃO

Se fosse feita uma enquete nas ruas com a pergunta: VOCÊ É FELIZ?

Muitos responderiam virando o "zóinho" e disparariam um sonoro "NÃO SEI" seguido de muitas risadas.

Lógico que alguém desempregado, doente, traído, detonado, frustrado por algum motivo recente, colecionador de derrotas não responderia com entusiasmo algum. Talvez mandasse o DONO DA ENQUENTE para o "Raio que o parta".(risos). o fato mais engraçado é que mesmo os que teriam motivos para estar - aqueles que possuem emprego, saúde, alguma relação afetiva, que é considerada a tríade da felicidade - também não têm achado muita graça na vida: "OS RECLAMÕES DE PLANTÃO".


Por que a segunda é tão longe da sexta,        E a sexta tão perto da segunda?

Reclamam de tudo, acordam de mau humor assim que abrem os olhos, sou capaz de dizer que reclamam por terem aberto o olho esquerdo antes do direito sendo que era para ser o contrário.

Aquela pessoa que depende de atitudes alheias para se sentir melhor, não tomam iniciativa, e procuram culpados pra tudo, menos ele, claro, não enxerga que o culpado das coisas que acontecem a sua volta é por exclusiva comodidade e culpa dele mesmo, enfim.


De certo modo, hoje acordei meio reclamona, das atitudes de algumas pessoas.

VAMOS ACORDAR PESSOAL!!!

Pensei assim que levantei da cama!


Serei eu mais uma reclamona compulsória? Xô mardita! risos


Eu nunca esperei nada do meu próximo no que se refere a busca constante dos meus sonhos. E se algum dia esperei, não o cobrei, não o culpei.

Vejo nos amigos e familiares apenas companhia, sem cobranças, uma somatória do meu dia-a-dia, meu complemento apenas. Nunca permiti que a minha felicidade dependesse totalmente da boa vontade de outrem. E é claro, é possível que isso de fato ocorra, não nego, mas que venha de forma natural, sem cobranças. Amar verdadeiramente, é isso.


Por fim, voltando a enquete...


O mundo é habitado por pessoas frustradas-quero-mais-e-mais-e-mais. Não que eu não ache que seja bom, pelo contrário, o que não concordo é que se sintam infelizes(OS RECLAMÕES) em tempo integral! Insatisfeitas com o relacionamento que construíram, pessoas saudosas de velhos amores, pessoas que gostariam de estar morando em outro lugar, pessoas que se julgam injustiçadas pelo destino, pessoas que não aguentam mais viver com o dinheiro contado, pessoas que gostariam de ter uma vida social mais agitada, pessoas que prefeririam ter um corpo mais em forma, enfim, os exemplos se amontoam. Se formos espiar pelo buraco da fechadura de cada um, descobriremos que estão todos relativamente bem, mas poderiam estar melhor se parassem de procurar culpados.

Não se sinta como um grão de areia no deserto,                         sinta-se como o Sol entre as estrelas.

PARE DE RECLAMAR E TIRE O "BUNDÃO" DA CADEIRA!!!

Pare de esperar atitudes dos outros, FAÇA VOCÊ!! Lute pelo seus sonhos! Pare de buscar culpados! Pare de disque isso disque aquilo. ACORDA ENQUANTO É TEMPO!!!

Seja sincero com você mesmo.

Chega sufocar a vontade de gritar e dar uns chacoalhões quando encontro alguns assim pelo caminho.

Nada é mais doloroso do que o silêncio.Ele nos deixa dúvidas, ele nos maltrata.Incrível é ver como o simples fato de não dizer nada machuca mais do que mil palavras que não fosse do nosso agrado.

Por que não está feliz? Ora, a culpa é do governo, do Lula, da Dilma,, da vizinha, do capitalismo, da Globo, do inferno Astral, dos carboidratos, da Igreja, do amigo que falso, do namorado traidor, da falta de dinheiro, da espinha na cara, da pelo oleosa, da comida salgada, do calo no dedo esquerdo, dos hormônios e demais bodes expiatórios dos nossos infernizantes dilemas. A culpa é de tudo e de todos, menos nossa. SOU INOCENTE, sou a VÍTIMA, não tem dó de mim?


É claro que alguns fatos realmente há veracidade integral para reclamar.

Reclamar um pouco não faz mal.

Nem chamo de reclamar, na verdade. NÃO CONFUNDAM RECLAMAR COM DESABAFAR!!!

COMENTO O RECLAMÃO COMPULSÓRIO!!!


Ninguém força ninguém a fazer nada tampouco apontam ma arma em nossa cabeça e nos ditam o que fazer.

AS ESCOLHAS SÃO NOSSAS!

Temos a vida que merecemos!

E se pretendemos melhorá-la dependerá exclusivamente de nós e mais ninguém.

Arriscar é preciso, é necessário coragem, apesar do medo. É normal pessoal!



Reconheço os diversos fatores - família, amigos, opinião alheia - que nos conduzem ao acomodamento ou apontam alguns caminhos, e muitas das vezes, não dão certo. É um risco, não é?

Mas, foi você quem pediu a opinião, a não ser aqueles que adoram cuidar da vida dos outros e palpitam de graça e sem pré-aviso.

Nem preciso lembrar que apesar disso, a escolha de seguir é exclusivamente tua.

E se no momento achou o melhor conselho, seja responsável por elas, caso dê algo errado. Já que oportunamente, em tempo, havia achado legalzona a ideia. Aguente as consequências senão sorrindo chorando pelos seus atos.

ASSUMA o controle!

FAZEMOS NOSSA HISTÓRIA!

SOMOS PROTAGONISTAS DELA!

Abra a foto.

Mas temos que querer de verdade. Querer pra valer. Não dizer farei isso ou aquilo só da boca pra fora, e continuar a mesma rotina. Nada vai mudar! A escravidão será sua e não minha.


Em vez de nos queixarmos, ganharíamos mais se nadássemos até lá embaixo para trazer a verdade à tona.


Já fui uma reclamona compulsória, confesso.

E com o passar dos anos fui notando o quão feliz sou. E olha que ás lutas não são poucas, choro muitas vezes e quantas dessas vezes eu contei a vocês? Quase nenhuma, sei que passar o dia todo me lamentando não resolverá a minha vida. O relógio não vai parar por minha causa!


Sei que para que meus sonhos se concretizem dependerá da minha vontade e motivação.

Devemos pensar com positivismo.

Desabafar algumas vezes, depois suspirar bem fundo, levantar, bater a poeira e dizer para nós mesmos: NÃO VOU DESISTIR JAMAIS!


... A VIDA QUE PEDIU A DEUS:  Se fosse feita uma enquete nas ruas com a pergunta VOCÊ TEM A VIDA QUE PEDIU A DEUS?, a maioria responderia com um sonoro quá quá quá. Lógico que alguém desempregado, doente ou que tenha sido vítima de uma tragédia pessoal não estará muito entusiasmado. Mas mesmo os que teriam motivos para estar - aqueles que possuem emprego, saúde e alguma relação afetiva, que é considerada a tríade da felicidade - também não têm achado muita graça na vida.  O mundo é habitado por pessoas frustradas com o próprio trabalho, pessoas que não estão satisfeitas com o relacionamento que construíram, pessoas saudosas de velhos amores, pessoas que gostariam de estar morando em outro lugar, pessoas que se julgam injustiçadas pelo destino, pessoas que não aguentam mais viver com o dinheiro contado, pessoas que gostariam de ter uma vida social mais agitada, pessoas que prefeririam ter um corpo mais em forma, enfim, os exemplos se amontoam. Se formos espiar pelo buraco da fechadura de cada um, descobriremos que estão todos relativamente bem, mas poderiam estar melhor.  Por que não estão? Ora, a culpa é do governo, do Papa, da sociedade, do capitalismo, da mídia, do inferno zodiacal, dos carboidratos, dos hormônios e demais bodes expiatórios dos nossos infernizantes dilemas. A culpa é de tudo e de todos, menos nossa.  Um amigo meu, psiquiatra, costuma dizer uma frase atordoante. Ele acredita que todas as pessoas possuem a vida que desejam. Podem até não estar satisfeitas, mas vivem exatamente do jeito que acham que devem. Ninguém as força a nada, nem o governo, nem o Papa, nem a mídia. A gente tem a vida que pediu, sim. Se ela não está boa, quem nos impede de buscar outras opções? Quase subo pelas paredes quando entro neste papo com ele porque respeito muito as fraquezas humanas. Sei como é difícil interromper uma trajetória de anos e arriscar-se no desconhecido. Reconheço os diversos fatores - família, amigos, opinião alheia - que nos conduzem ao acomodamento.Por outro lado, sei que este meu amigo está certo.  SOMOS OS ROTEIRISTAS DA NOSSA PRÓPRIA HISTÓRIA, podemos dar o final que quisermos para nossas cenas. Mas temos que querer de verdade. Querer pra valer. É este o esforço que nos falta.A mulher que diz que adoraria se separar mas não o faz por causa dos filhos, no fundo não quer se separar. O homem que diz que adoraria ganhar a vida em outra atividade, mas já não é jovem para experimentar, no fundo não quer tentar mais nada.É lá no fundo que estão as razões verdadeiras que levam as pessoas a mudarem ou a manterem as coisas como estão. É lá no fundo que os desejos e as necessidades se confrontam. Em vez de nos queixarmos, ganharíamos mais se nadássemos até lá embaixo para trazer a verdade à tona. E então deixar de sofrer!...  MARTHA MEDEIROS      •ღ•‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗‗•ღ• •ღ• nidonda •ღ•  •ღ• nollivrodavida •ღ•


Está esperando o quê?

Um tapão na cachola?

Lute! Produza! SACODE MENINO(A)!


Simborá "cavocar" seus sonhos! LEVANTE! Ande logo! O tempo Urge!


Boa semana, meus queridos.


Ass: A RECLAMONA Pipoca. rsrsrs

23 comentários:

Vinny disse...

Cátia, um bom texto para começar o dia. Desabafo verdadeiro. Reclamões de plantão, confesso que luto contra isso constantemente.
É muito difícil mesmo. Tento virar essa página, porque essa carga negativa, culpando e se desculpando por algo não acontecer acaba gerando o resultado que não queremos. Aumentado em muitas vezes. Ficar triste normal, ter dias de desânimo. Viver reclamando realmente anula qualquer possibilidade de progredir.

Belíssimo texto como sempre. Um dia escreverei assim..

Boa semana de estudos!!!

Bjs

Rita Pessoa disse...

Oi amiga, ótimo texto. Perfeito para começar a semana!! Bjs

CatiaPipoca disse...

Vinny, o texto é um puxão de orelha pra mim tb.
Desabafos de mim mesma, na verdade. rs
Não confunda um desabafo com reclamação, Vi.
Desabar é necessário, lava a alma.
O que atento é o fato de que algumas pessoas passam o dia todo reclamando sem sequer agradecer pelo pouco que possui, pelo ar que respira, pela boa cama que dorme, pela fome que nãoo passa. Falo desses, que da boca só saem coisas ruins.

-
Na verdade ainda estava retificando e alterando o texto e vcs já estavam lendo. Rápidos no gatilho.rsrsrs

-
Se ler novamente, verá que fiz algumas alterações.
.
Tenha um ótima semana, Vi

CatiaPipoca disse...

Oi Rita, agradeço o carinho ruiva linda.
Ei, vc precisa me contar como foi lá no DIA D e no fim não passou em casa. rsrs
Mande notícias. Bjos
-
Anote meu msn: catiapipoca2010@hotmail.com
.
quase nunca entro, mas se precisar, só avisar.

Vinny disse...

Aiii...Cátia, não falei que era uma reclamação seu texto, confirmei, desabafo, desabafo...Acho que da minha parte tenho sido reclamão sim. Só eu sei o quanto eu sou, às vezes, e paro e penso isso vai me levar aonde? Mas gostamos de fazer aquele charme. Ver se alguém sente dó da gente e se isso vai dar algum resultado positivo.
Porém, o único resultado que vem é uma carga emocional negativa que acaba por minar qualquer esperança. Existem áreas que eu sinceramente não tento mesmo, por enquanto, tenho deixado de lado. Como se tivesse desistido. Um dia quem sabe eu retome minha luta. Vamos lá, depois de um tapão na cachola...rsrs

Valeu...

Fabio Lucio disse...

Ótimo dia Catia... o Texto para variar é excelente... Acredito que podemos escrever nosso dia assim que acordamos pela manhã, sempre podemos escolher... Exemplo, ganhei uma cesta cheia de maças, infelizmente metade da cesta estava estragada, mas, mesmo assim agradeci e fiquei muito feliz! Sabe por que? Sim, prefiro ganhar tempo pensando na parte boa da cesta...
Sei que é difícil mas, tudo depende de nós, sendo assim, pela manhã prefiro sorrir e não fazer cara feia para tudo! (quer dizer não da para melhorar a lata kkk mas deixa para lá!, prefiro abraçar, prefiro planejar e o melhor de tudo prefiro viver sempre a cada manhã.
Grande bjooo

CatiaPipoca disse...

Não Vinny, o texto critica a reclamação. O que eu disse é que pelo menos a minha pessoa qdo vc comenta algo, entendo como um desabafo, é bem diferente.
Agora se vc diz que no dia-a-dia reclama de tudo, bem, então receba um tapa na cachola, uma bicudas e alguns beliscões. Pessoas assim estagnam na vida, empacam e vivem apontando culpados, senta á mesa pra reclamar que a vida não vai melhor por que fulano ou sicrano não ajudou, não faz isso ou aquilo, aí é demais.
Se alguém vira as costas pra mim, o que eu fço? DOU O MEU MELHOR E PROCURO VENCER PRA MOSTRAR A PESSOA QUE ELA É DISPENSÁVEL. É asism que eu ajo. Parece que eu funciono mais sobre pressão...rsrsrsr e isos tb é ruim.
.
Mas hj, acordei tb reclamona, afinal de contaso que seria apontar falhas alheias senão uma baita de uma RECLAMAÇÃO TB?!!! rsrsrsrsr
-
É assim, meu caro, divergências de nós msms.

Vinny disse...

Ah..entendi... =]

Anônimo disse...

Ótimo dia Catia... o Texto para variar é excelente... Acredito que podemos escrever nosso dia assim que acordamos pela manhã, sempre podemos escolher... Exemplo, ganhei uma cesta cheia de maças, infelizmente metade da cesta estava estragada, mas, mesmo assim agradeci e fiquei muito feliz! Sabe por que? Sim, prefiro ganhar tempo pensando na parte boa da cesta...
Sei que é difícil mas, tudo depende de nós, sendo assim, pela manhã prefiro sorrir e não fazer cara feia para tudo! (quer dizer não da para melhorar a lata kkk mas deixa para lá!, prefiro abraçar, prefiro planejar e o melhor de tudo prefiro viver sempre a cada manhã.
Grande bjooo

CatiaPipoca disse...

Oi professor, agradeço o comentário.
Fico lisonjeada por gostar dos meus textos.
-
Não que algumas vezes não somos atacados pelo dia "RECLAMÃO", claro que somos. Mas algumas pessoas são doentes e deixam a vida passar desapercebida apenas apontando os pontos negativos. Se faz sol, tá rui, se chove, tá ruim. Não está bom, reclamam do tempero da comida, reclamam da água quente ou mto gelada, do café forte ou fraco. AJA SACO...rs
O bichinho da intolerância, nesta semana, me mordeu. Reclamões longe de mim....rs
..
Tenha um ótima semana.

anderson disse...

E Catita cada texto hein, esse é otimo ja fui muito reclamao, mas percebi que nao adianta nada, temos que ir a luta cada um por si e Deus por todos, é claro com a ajuda de amigos também, brigadu por tudo bjussss te admiro muitoooooo

CatiaPipoca disse...

É isso aí msm 'Andiçu', e vc viu que dá certo...ir á LUTA!! Já começou a colher coisas boas...estias no caminho certo. Sabes o qto eu gosto de vc tb...bjos amado amigo.

Ademar disse...

Olá Catia,
Cabe a cada um de nós fazer do hoje, um dia melhor que o ontem, e do amanhã, um dia melhor do que o hoje.
Há algum tempo, anos vai, bem, na verdade final da década de oitenta, em que saiu um filme cujo nome não me recordo, mas do slogam sim: Render-se... nunca. Desistir... jamais. Acho que era isso, nunca me saiu da cabeça o sentido. Estas pessoas reclamonas não percebem que gastam tanto tempo reclamando que não constroem nada de bom, até mesmo os amigos se afastam, e com razão, coisas negativas fazem mal, daí ela diz: até tal pessoa me deixou. É claro, porque estar perto de alguém que interiormente já morreu? Acordem! vão a vida, vivam, descubram seu propósito nesta maravilhosa existência.

Catia eu não participo mais aqui porque, no momento, não estou interessado em concursos, mas sempre que puder estarei te visitando. Abraços,

CatiaPipoca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CatiaPipoca disse...

lá sumidinho!!
Por favor, vê se não esquece dos amigos daqui, hein?!

Posso saber por que desistiu dos concursos? Algum outro Projeto bacana? Bem, espero que tenha ido por motivos bons, porque você é um lutador NATO.
-
É verdade que tb padecemos algumas vezes deste mal, reclamar. O que acho inviável e fazer da nossa rotina tudo negativo, não tirar nenhum proveito.
-
Você tem razão, pessoas que passam a vida toda reclamando afastam pessoas boas e atraem afins, pessoas tão negativas qto, pois compartilham dos mesmos sentimentos. Já que muitas vezes o reclamam compulsivo não gosta de ser alertado, o intuito é sempre ser a vítima e receber apoio, se discordar, já era, pois eles são assim e pretendem morrer assim.
.
Mas há cura a todos os males, basta querer melhorar do fundo do coração.
Afinal de contas, todos um dia fomos uns reclamões de carteirinha. rs

.
Não some. =D
Sucesso sempre!

Anônimo disse...

Oi Catia, belo post, eu comentei no blog mas não consegui trazer para cá, ja é a segunda vez que ocorre isso comigo, tenho que descobrir em que estou errando. De qualquer forma, tenha uma ótima semana e que seu post possa abrir vários olhos por aí para que vejam o que estão perdendo enquanto ' reclamam'.
Abraço,

Beth disse...

Beth comentou a notícia Os RECLAMÕES de plantão!.

Comentário:
Oi Catia,
Comigo aconteceu o contrário, não consegui comentar no blog.
Bem, eu prefiro gastar o meu tempo agradecendo a Deus, todos os dias, pelas oportunidades que tenho tido. Especialmente por estar viva.
De gente que só sabe reclamar quero muita distância! pode ser contagioso... rsrsrs
Beijão.

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

Oi amiga semana passado fiz um artigo tire os olhos do pode te destruir, alguns podem dizer mais eu tenho muitos problemas. O mais importante não é o tamanho dos problemas, se eles são pequenos, grandes, fáceis ou difíceis, porque eles são um fato da vida, uns tem mais, outros menos, alguns são mais difíceis, outros nem tanto, no final todos tem os seus problemas de cada dia. O mais importante é saber como lidar e reagir com os problemas, pois a nossa atitude com os problemas é que vai determinar a qualidade da nossa vida e não a ausência deles. culpar os outros é mais fácil, pois é só ficar sentada transferindo para os outros os responsáveis por nossos sofrimentos, levantar e deixar de reclamar exige uma decisão de culpar a nós mesmos!! Muito bom seu texto desejo que muitos que estão sentados, pulem da cadeira da reclamação!!Uma bela tarde amiga

Irismar disse...

Oi amiga semana passado fiz um artigo tire os olhos do pode te destruir, alguns podem dizer mais eu tenho muitos problemas. O mais importante não é o tamanho dos problemas, se eles são pequenos, grandes, fáceis ou difíceis, porque eles são um fato da vida, uns tem mais, outros menos, alguns são mais difíceis, outros nem tanto, no final todos tem os seus problemas de cada dia. O mais importante é saber como lidar e reagir com os problemas, pois a nossa atitude com os problemas é que vai determinar a qualidade da nossa vida e não a ausência deles. culpar os outros é mais fácil, pois é só ficar sentada transferindo para os outros os responsáveis por nossos sofrimentos, levantar e deixar de reclamar exige uma decisão de culpar a nós mesmos!! Muito bom seu texto desejo que muitos que estão sentados, pulem da cadeira da reclamação!!Uma bela tarde amiga

CatiaPipoca disse...

Beth, exatamente isso!! Tem gente que dá mais ênfase aos pontos negativos e se esquecem, muitas vezes cegamente, do quão abençoados são.
Prefiro dizer que meu copo esta quase cheio, do que dizer que ele está quase vazio. rs
-
Agradeço o comentário. Bjãoooo;

CatiaPipoca disse...

Iri, nem me fale amada.
Hoje acordei assim, reclamona, e tenho mania de escrever, muitas das linhas, para mim mesma. Confessar nossas falhas não é tarefa nada fácil. Mas não me importo, pois sendo assim tenho procurado cada vez mais melhorar como ser humano.
-
O texto faz referência exclusiva a reclamação, espero que alguns não confudam minha crítica com DESABAFOS, o que enxergo de forma diferente.
-
Você sempre muito sábia nos comentários e depois pretende ler esse texto que comentou. Tenho certeza que vou adorar.
-
Agradeço o carinho amiga.

Pantoja disse...

Realmente querida, tem gente que reclama, e reclama de tudo. Olha, pra mim o reclamar deve vir junto do AGIR. Se reclama e não age acho que não tem sentido.

Exemplo. Concursandos fizeram protesto em brasília. Isso acho bacana. RECLAMAM E AGEM!!!

Agora... "ahh o emprego ta uma porcaria..." (e continua nele pq?) "poxa... como pode o salário mínimo estar só 545,00?" (então vá até brasília e faça um protesto, corra atrás de quem vc votou para te representar e ligue, mande e-mail, MOVA-SE!) "ahh, acho q não sou do jeito que queria... e bla bla bla... (ta bom então faça por onde ser...)

sinceramente não gosto de pessoas reclamonas sem sentido e principalmente as que reclamam e NADA FAZEM!


REGRA BÁSICA: RECLAMOU, HAJA!

CatiaPipoca disse...

Fabio, exato. Vc pegou no ato o que quis dizer. Se for reclamar, aja!
Agora tem gente que nasceu pra coisa. Dá nos nervos, nada está bom, ou azul é mto azul, o rosa é rosa demais, e assim vão passando pela vida.
O assunto é só reclamar.
Tenho umas tias e primas que moram em Sorocaba que só de pensar em passar o dia todo com elas, dá azia. rs
-
Até amanhã amigo.
Bjos.