Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

INSS - Ministro da Previdência quer edital do INSS até julho

Ministro da Previdência quer edital do INSS até julho

É desejo do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, divulgar o edital do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda este semestre. A autarquia já solicitou ao Ministério do Planejamento (MPOG) autorização para prover 2.500 vagas, sendo 2 mil para os cargos de técnico e analista do seguro social e 500 para o de perito médio. Os vencimentos iniciais das carreiras variam de R$3.280 a R$5.580.
Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, o diretor da Federação Nacional de sindicatos de Trabalhadores em saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps) Carlos Roberto dos Santos falou sobre o concurso. "A seleção é de suma importância por conta do déficit de pessoal e o quanto antes for realizada melhor. Ela é fundamental para o instituto e também para os seguradores, pois agilizará o atendimento".
Carlos informou que uma das reivindicações da entidade é a extinção do déficit de servidores. No último dia 18, a Fenasps participou de uma audiência com o ministro Garibaldi e o novo presidente do INSS, Mauro Luciano Hauschild, que tomou posse no dia seguinte. "No encontro, também batemos exatamente nesse ponto, na questão e nas consequências da falta de servidores", frisou o dirigente, que também cobrou o retorno da jornada de seis horas de trabalho.
Após ser empossado como presidente da autarquia, Hauschild se mostrou preocupado com a carência de servidores e afirmou que negociará a realização do concurso. Além do déficit, ele informou que 12 mil profissionais estão para se aposentar.
Requisito - O cargo de técnico do seguro social requer o nível médio (antigo 2º grau). Os vencimentos iniciais são de R$2.980. No entanto, como o INSS possui uma gratificação de desempenho, a remuneração pode chegar a R$3.280. Os profissionais atuam diretamente no atendimento aos segurados.
Já para analista do seguro social a exigência será o nível superior, nas áreas especificadas em edital. Os rendimentos são de R$4.917. Com a gratificação de desempenho, os ganhos poderão ser elevados a R$5.580. Os profissionais trabalham na análise e concessão de benefícios.
Os candidatos às vagas de perito médico necessitam ter graduação em Medicina e inscrição no Conselho Regional da categoria. Os ganhos iniciais somam R$4.149,89, no entanto, em virtude da gratificação de desempenho, esse valor pode ser ampliado até R$8.849,89. Entre outras atribuições inerentes à carreiras, os peritos emitem pareceres conclusivo quanto à capacidade de trabalhos dos segurados para fins previdenciários.
Perito médico - A proposta de criação de 500 cargos perito médico do INSS aguarda designação do relator para ser analisada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. As novas vagas visam a fortalecer a estrutura organizacional do INSS e possibilitar a instalação de novas agências previstas no Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX).
Segundo o ministro da Previdência Social, a aprovação do Projeto de lei (PLC 178/10) foi garantida pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR). "Temos um projeto no Congresso que contempla a Previdência. Esse projeto tem a palavra do senador Romero Jucá, líder do Governo, de que será aprovado. Ele permite a contratação de novos servidores que irão compor o quadro nas novas agências e as que ainda serão entregues".
Do último concurso - O INSS vai recorrer da decisão da 2ª Vara Federal de Sergipe, que determinou a manutenção do prazo de validade do concurso realizado em 2008, para os cargos de técnico e analista, como sendo de dois anos, prorrogável por igual período.
A decisão da Justiça teve origem na ação civil pública, ajuizada pela Defensoria Pública da União-SE, contra a redução do prazo de validade para um ano, podendo dobrar, ocorrida depois da publicação do resultado final.
Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário: