INDICO POR QUE É ÓTIMO - VALE A PENA

A IMPORTÂNCIA DA REDAÇÃO NAS PROVAS DE CONCURSOS PÚBLICOS

RECADO DO PROFESSOR ALESSANDRO FERRAZ:


Meus amigos:

Algumas observações para os senhores tomarem conhecimento:
É sabido que a maioria das provas estão cobrando a tão temida “redação” e temos de nos preparar, pois a ausência de fortalecimento neste ponto, poderá ser fatal.


No último edital para o MPU a parte de REDAÇÃO foi fundamental para ser ou não aprovado.


Muitos colegas foram eliminados por não ter atingido a nota mínima, ou seja 5,00.


Moral da história: fizeram um belíssimo trabalho na prova e todo trabalho foi perdido por não terem atingido a nota mínima em redação.


Houve casos muitos graves, por exemplo, na prova de analista adm inistrativo, nem 15 pessoas atingiram a nota mínima (portanto, desclassificados do concurso) e lembre-se que estamos falando de um concurso de quase 800.000 pessoas.


Gostaria de salientar que o resultado insatisfatório não se deu apenas por ter sido um tema técnico cobrado na prova, pois muitos alunos ficaram por décimos em atingir a nota satisfatória, o que poderia ser sanado apenas com um pouco mais de conhecimento na parte de estrutura textual, por exemplo, pela legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos (valia 1 ponto na nota final).


Resumindo: O conhecimento das técnicas para elaborar uma boa redação e o treino constante é que vão decidir muitas provas que virão. Dentre elas, as provas de tribunais(TRE, TRT, TRF, TJ) e mesmo as provas de área fiscal.


Especial aviso aos amigos da área fiscal: os senhores sabiam que o concurso de AFRF de 2009 pediu de forma inédita uma fase discursiva e muitos candidatos foram pegos de surpresa. O que impede de o próximo concurso do ISS SP pedir uma fase de redação?


Destarte, peço aos amigos que tomem cuidado e se preparem com antecedência.


Nós aqui no NÚCLEO DE ESTUDOS ALESSANDRO FERRAZ preparamos com muito carinho um curso de redação para os amigos e que começará no dia 09/11/2010. Teremos uma turma pela manhã e uma turma à noite.


Trata-se de um curso OBRIGATÓRIO (pelo menos para aqueles que não querem ficar na fase de redação nos próximos concursos). Durante o curso o aluno fará 8 redações, sendo 4 em sala para treinar o nervosismo e controlar tempo e 4 redações feitas em casa e depois devidamente corrigidas e comentadas pela professora Ivany Pedroso.


Agradeço a atenção espero os amigos para começarmos com estes trabalhos.


http://www.alessandroferraz.com.br/index.php?page=shop.product_details&category_id=5&flypage=flypage_new.tpl&product_id=147&option=com_virtuemart&Itemid=75&vmcchk=1&Itemid=75



Professora de português com especialização em redação.
35 anos de experiência em cursos preparatórios para vestibular e concursos públicos.
Examinadora das Bancas FCC/Vunesp/Cesgranrio/Esaf/Enem.
Autora do Livro de Interpretação de texto e Redação Oficial para concursos públicos do Diário de São Paulo.
Professora de redação Oficial (Esaf).

CARGA HORÁRIA:
16 HORAS – 4 Encontros de 4 horas -

DATA DE INÍCIO EM
09/11/2010 (Terça-feira)

PERÍODO:
MANHÃ ou NOITE

O Curso será de teoria e também contará com a parte prática. Cada aluno terá direito a 8 redações devidamente corrigidas e comentadas pela professora, sendo 4 redações feitas em sala de aula (avaliar tensão e controle de tempo de feitura) e 4 feitas em casa e posteriormente entregues.

Clique aqui para ver a disposição das aulas...

2 comentários:

Anônimo disse...

Encontrei isso e fiquei muito triste e preocupada, o que vc acha? Veja principalmente o comentario do Dr. Ives Gandra...
Beijos... http://www.defesadademocracia.com.br/2010/09/30/decreto-do-presidente-lula-ameaca-a-democracia/

CatiaPipoca disse...

Oi querida eu vi a página, mas discordo, são apenas boatos, espere e verá. Bjos