Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

NOSSO BLOG NO JORNAL A CIDADE

Especial: Loucos por um concurso

A Internet se torna o ponto de apoio virtual na temporada de caça real às 21 mil vagas do atrativo e bem-pago emprego público

Jucimara de Pauda

Tamanho da Letra A- A+

Foto: J.F.PimentaA  professora Duda Nogueira leva para a WEB a experiência das aulas  presenciaisA professora Duda Nogueira leva para a WEB a experiência das aulas presenciais

‘Concurseiros’ que disputam 21 mil vagas no serviço público brasileiro invadiram a Internet em busca de cursos à distância, videoaulas, material, blogs e sites com dicas de estudo e macetes para as provas.

Quem entra no Google, página de busca, e digita concursos, recebe de volta o endereço de 1.458 sites especializados no assunto. Os navegantes destas páginas virtuais são chamados carinhosamente de "loucos por concurso". Eles não perdem um edital e disputam todas as vagas que aparecem, sem se importarem se o salário é de R$ 1 mil ou R$ 6 mil.

"Já prestei mais de 20. Os últimos foram para Casa da Moeda, Furnas, Arquivo Nacional, Petrobras, BR Distribuidora, Correios, e outros que não me lembro", afirma Carlos Amaral, um carioca que não perde um concurso. Ele assumiu como auxiliar de administração na Eletronorte depois de ficar em quinto lugar no processo seletivo. Ele foi contactado pela reportagem por e-mail e em poucos minutos respondeu e se dispôs a escrever sobre sua experiência.

Carlos(Nossa amigo e autor tb) começou a maratona de concursos em 2002. Primeiro frequentou cursinhos preparatórios e atualmente tem a rede mundial de computadores como a sua melhor aliada.

"Mas nenhum ‘concurseiro’ pode passar o dia inteiro pendurado no MSN batendo papo, ou postando fotos no Orkut se quiser ter sucesso no concurso", alerta.

As vagas no serviço público estadual e federal atraem Amaral e outros milhares de candidatos. São pessoas de todos os níveis sociais, empregados e desempregados de diversas idades que querem vencer a disputa e ter o tão sonhado e almejado cargo público que garante a estabilidade.

Euzinha======>Outra concurseira que tem a Internet como aliada é a gerente comercial e blogueira Catia Cilene Vieira. Ela começou a busca pelo título de funcionária pública em 2008, após deixar Sorocaba e adotar a capital paulista como lar.

Na cidade grande ela não encontrava informações sobre cursos e resolveu criar um blog com o objetivo de ajudar os que tinham a mesma dificuldade dela. Hoje, Cátia participa de fóruns sobre o assunto e ainda arruma tempo para caçar material para oferecer aos colegas internautas, sem nunca esquecer de reservar um tempo para estudar.

"Criei o Blog apenas para facilitar a vida de muitos. Eu não tive a mesma sorte e só fui adquirir experiência depois de ter quebrado muito a cara em cursinhos e apostilas fracas. Descobri isto apenas há seis meses, depois de gastar rios de dinheiro", afirma.

Manoela estuda 20h por semana

Manoela de Oliveira Silva, 25 anos, estuda desde 2007 e já prestou dez concursos. Passou em quatro, mas ainda não foi chamada. Agora, ela também quer conquistar uma vaga no Ministério Público da União. "Eu estudo 20 horas semanais, faço aulas e exercícios para gravar a matéria. A dica é não parar de estudar para não esquecer as matérias", diz.

Exceção, ela não é adepta da Internet e acredita que o mundo virtual "atrapalha" os estudos.

O professor de Matemática José Hélio Pimentel afirma que a Internet pode ser uma aliada do estudante, desde que ele saiba usar a ferramenta.

"O grande problema é saber selecionar, pois existe muito material ultrapassado, conceitos errados e por isto é importante fazer um curso conceituado. A Internet ajuda em termo de pesquisas quando se quer tirar as dúvidas, por isto é importante saber selecionar", diz.

A reportagem completa você lê na edição impressa do A Cidade deste domingo, ou na edição on-line, clicando aqui.


Ver mais??

.

Acessem:

http://www.jornalacidade.com.br/meu-jornal/login/


2 comentários:

Alessanddra R. disse...

p/Cátia-Chérrie- valeu por todas as dicas, sem esse espaço eu estaria morta.Parabéns pelo reconhecimento.

Concurseira p/ concurseiros(as) disse...

Ale com a ajuda de vcs é que estou conseguindo dar conta,sem vcs,nem pensar...rs
Bjos amore.