Blog da Cátia Pipoca - Dicas de Concursos Públicos

CONSELHOS QUE VALEM OURO

Não adianta se matar de tanto estudar se estiver fazendo de forma errônea!
Cometi este erro quando prestei INSS-2008.Estudava 12 horas por dia,no entanto,a estratégia não funcionou.





CONCLUSÃO: Morri na praia.Das 12 vagas,fiquei em nr 100.


É importânte ouvir opiniões de pessoas veteranas que já passaram pelo mesmo processo que a gente.
Importânte também que cada um tenha em mente que se a canseira começou a tomar conta de você,é hora de dar uma pausa e descansar,porque o cérebro não vai assimilar mais nada estando estafado.
Crie um cronograma,seja fiel a ele.Só faça outras coisas(lazer,TV,dormir..) somente na hora da pausa.O correto é para cada 3 horas ,uma hora de descanço.
Nos finais de semana resolva apenas exercícios,portanto,procure relaxar um pouco mais.
Cuidar da saúde física e mental é primordial ao sucesso.




Pensem nisso!!E boa sorte.



Catia
***(Que venha o CHILE).

14 comentários:

Anônimo disse...

Caríssima Cátia, concordo com você, porém meus métodos são menos ortodoxos que os citados. Parar por uma hora para mim? Só se for horário de almoço, caso contrário, no máximo 15 minutos. Rs.
Faço mais o tipo que estuda durante todo o tempo livre (em períodos de edital) e não faz cursinho. Trabalho desde os 13 e não posso parar só para estudar. Já passei muito perto por diversas vezes e isso foi me cansando, acabando com minha auto estima. Então resolvi encarar os estudos como vida ou morte. Já começou a dar resultado.
Isso funciona para mim, mas não significa que ira funcionar para quem estiver lendo isto. Cada um precisa encontrar seus próprios meios, métodos e limites. Sucesso a todos.

Grande abraço Cátia.

Vanguard.

catiapipoca disse...

Vanguard,como disse acima.cada um deve encontrar um norte e fincar estacas nele.Metas são essenciais,óbvio.No entanto,o estress e a ansiedade derrubam muitos candidatos.Por isso que alguns alcançam seus objetivos em menos de 1 ano e outros levam bem mais que isso.E foi conversando, dias atrás, com um grande mestre e professor que cheguei a conclusão que mais vale estudar com saúde e ânimo do que forçar a barra quando cérebro já não está mais assimilando.
O seu caso é a parte,porque vc trabalha fora.
Tenho lutado pelos concursos federais.Bati na trave em dois:INSS e TRT-Go,não pretendo cometer erros passados.Por isso há necessidade imediata nas mudanças de estratégias.Uma delas é evitar concursos Estaduais.
.
.
Boa sorte amigo.

Anônimo disse...

Isso ai Cátia. É de suma importância ter foco e mudar de estratégia quando preciso.

Tudo de bom.

Vanguard.(Futuro ANALISTA FEDERAL) HUAHAUHHU

Anônimo disse...

Acho que conhecer-se é o melhor caminho em qualquer situação. Somente nós mesmos sabemos nossos limites, se o ultrapassamos sofremos as consequências. Conhecê-los é fundamental, e para isso, só indo pouco a pouco sem forçar demais, indo um pouco, voltando um pouco, indo e vindo e analisando o que acontece com a gente, forçando um pouco mais nos estudos, diminuindo pra não se estressar tanto, aumentando ... e assim se conhecendo, ninguém pode fazer isso pela gente só nós. Acho que o principal é a observação de si mesmo pra saber quando ir e quando vir. Quando aumentar a dose e quando diminuir. A vida nos ensina a viver é só prestar a atenção o tempo todo.
Epi, 28/06/2010

Anônimo disse...

Quando forçamos demais os que estão a nossa volta sofrem com a gente, se não forçamos e relaxamos os que estão a nossa volta igualmente sofrem. Equilibrio no nosso sofrer para que ele seja só nosso e não daqueles que estão a nossa volta e muitas vezes querem nos ajudar.
Observar-se sempre para mantermos o equilibrio de nossas ações.
Epi, 28/06/2010

Anônimo disse...

Muitas vezes não temos uma idéia sequer e então surge alguém e nos aponta um caminho (a matéria acima é um exemplo) pode não nos servir mas com certeza pode ajudar a muitos que nem sequer tinham um caminho a seguir.

Sucesso Concursos disse...

Olá Catia,

Achamos o seu blog muito interessante, gostaríamos de conversar melhor com você para propor uma parceria.

Caso tenha interesse envie-nos um e-mail para sucessoconcursos@gmail.com ou pelo telefone (11) 3257-7174

Agradecemos a atenção.

Anônimo disse...

Não sei o porquê mas o texto do chat vai se apagando então resolvi colocá-lo aqui:

Texto para análise de quem tá estudando pro INSS

Compulsoriedade da Contribuição do Segurado Facultativo

De acordo com o art.194 da C.F., a seguridade social é dividida em 3 partes: Saúde, Previdência e Assistência Social
Para se ter direito à previdência a contribuição e a filiação são obrigatórias (compulsórias). Para se ter direito à saúde e à assistência social não.
Assim para o segurado facultativo a filiação e a contribuição são obrigatórias para que o mesmo tenha direito à previdência. Se quiser previdência terá que filiar-se ao sistema e contribuir obrigatoriamente.
A diferença é que o facultativo, por vontade própria, pode ou não contribuir, já o empregado é obrigado a contribuir pois tem o desconto efetuado em folha de pagamento pelo empregador e mesmo que o empregador não recolha ao INSS o empregado tem direito à previdência, e o facultativo se não recolher não tem "direito".

Uma pessoa incapaz e sem recursos para se manter, pode receber auxílio do INSS, recebe assistência social (diferente de previdência) o que podemos considerar não como um benefício e sim como uma assistência (por isso não tem 13º, pelo menos não tinha, não sei se mudou)
Epi, 29/06/2010

Concurseira p/ concurseiros(as) disse...

Élcio-Epi você tem razão quando menciona que devemos nos conhecer sempre um pouco mais.Por que é bem isso mesmo.E descubrimos nossa capacidade ao sermos testados .Chegamos no limite,mas nem sempre este limite que achamos estar ,seja realmente o nosso máximo e é aí a grande surpresa,notamos que podemos dar mais alguns passos.O que outrora estaria estagnado nos leva para dentro de nós - o auto-conhecimento.E são justamente nessas aflições que amadurecemos e descubrimos o quanto somos fortes e capacitados.
Abçs.

Concurseira p/ concurseiros(as) disse...

Vanguard e vms que vms.
Espero que vc esteja bem.
Bjks
.

Concurseira p/ concurseiros(as) disse...

Sucesso concursos já escrevi um e-mail a vcs.Até mais.

Anônimo disse...

Vamos que vamos...rsrsrs

Está tudo bem sim. Agora já voltei aos estudos, MPU que me aguarde. :P

Tudo de bom.

Vanguard

Epi disse...

Quando achamos que é o fim, eis que a estrada se alarga e visualizamos o quanto já caminhamos, sentamos, descansamos, e seguimos, pois, o que era o fim apenas se revelou um novo início.

Anônimo disse...

Vi isso na net achei legal e resolvi colocar aqui, vai que o conselho serve pra alguém:

"Razão e Proporção
1/5 e 20%
Quando falamos que tal coisa está na razão de 1 para 5, estamos falando que: existem 6 coisas e estamos diferenciando 1 coisa de 5 outras, ou seja, se usarmos conjuntos seria (somente como exemplo): A={1, 2, 2, 2, 2, 2} A1={1} e A2={2, 2, 2, 2, 2}
Quando falamos de 20% estamos falando que de um conjunto qualquer, 20 elementos dentre os 100 representa algo, ou seja, aqui falamos de proporção (em outras palavras uma porção do conjunto) A={1,2,3, ... ,100} A20 = {1, 2, 3, ... , 19, 20} (apenas como exemplo)
Apesar de inúmeros livros definirem proporção de outra forma, na minha opinião um exemplo ilustra melhor que uma definição teórica.